Arquitetura Gótica

Arquitetura Gótica

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraArquitetura Gótica

Foi no final da época da Idade Média, encerrando o século XII que a arquitetura gótica, um novo estilo arquitetônico foi criado no norte da França. Esse estilo é ligado a algumas religiões e ficou muito conhecido por romper com a fase da história da arte. Com a sua forma de construir altos e belos edifícios, se espalhou rapidamente por outros continentes. A arquitetura gótica foi um marco e uma inovação na história da arquitetura.

A arquitetura gótica é muito conhecida por seus arcos altos e abóbodas ogivais, formando uma ponta nas janelas que, até então, tinham a forma de semi-círculos e depois foram recheadas com lindos vitrais. Se você quer saber mais sobre a história e as características da arquitetura gótica, o Westwing separou informações e tudo sobre o que você precisa para se apaixonar e mergulhar neste estilo antigo e inovador da arte.

O que é a Arquitetura Gótica?

A arquitetura gótica foi criada depois do estilo românico, que era caracterizado pelas abóbadas de formato arredondado, arcos que eram sustentados por pedras e pouca luz natural no ambiente. Ao contrário deste estilo, a arquitetura gótica criou as famosas abóbodas ogivais, ampliando a dimensão das laterais – característica marcante neste estilo. Essa criação da arquitetura gótica, foi o que possibilitou as construções a serem mais altas, uma vez que o formato dava sustentação e flexibilidade.

Com esta nova técnica da arquitetura gótica, as colunas não precisavam mais serem feitas pedra e pesadas, elas poderiam ser mais finas e consequentemente, davam um ar mais leve nas construções. Outra descoberta da arquitetura gótica são os arcobotantes que sustentavam o peso da abóbada, desde o centro até as laterais. As catedrais na arquitetura gótica transmitiam a sensação de superioridade e de que o ser humano era inferior e menor. Alguns projetos, quando olhados de cima, criavam um formato de cruz. Dizia-se que as pontas das catedrais góticas, simbolizavam que o poder estava acima, pois apontavam como setas para o ceú.

Características e Obras da Arquitetura Gótica

O termo “gótico” da arquitetura gótica, na verdade foi dado como uma forma de compará- la com o estilo clássico, com referência aos godos, povo bárbaro. O estilo foi amadurecendo e ganhou fama também na Alemanha e Itália. A verdade é que a arquitetura gótica inovou muito os projetos arquitetônicos. Com a descoberta da possibilidade de uma altura melhor, muitas paredes laterais puderam ser trocadas por janelas grandes e belíssimas.

Essas janelas, na arquitetura gótica, foram enfeitadas com vitrais coloridos que deixavam a luz natural entrar com facilidade no ambiente. Essa entrada de luz na arquitetura gótica, deu um novo ar para os templos, afinal, a luz passava pelo vitral e transmitia para todo o local diferentes cores. As esculturas eram feitas cada vez mais próximas à realidade e eram colocadas nos detalhes das portas das catedrais. A primeira construção na arquitetura gótica foi na França, a catedral de Notre-Dame, Saint-Denis. Uma curiosidade é que a Catedral de Dublin, na Irlanda criada em 1030, já tinha elementos e características da arquitetura gótica, sendo considerada uma construção pré-gótica.

A arquitetura gótica foi uma virada na história da arte e da arquitetura. Os conhecimentos dessa fase são respeitados até hoje e nos fazem suspirar quando viajamos e vemos essas lindas criações do estilo gótico.

Próximas campanhas