Arquitetura Clássica

Arquitetura Clássica

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraArquitetura Clássica

Derivada do mundo clássico, a arquitetura clássica influencia construções de edifícios e casas até hoje. Suas características, além de exuberantes, podem ser facilmente reconhecidas pelas ruas, hoje em dia. São, por exemplo, os cinco tipos de colunas padronizados, bastante usados em grandes construções. Também vemos em muitos lugares do Brasil e do mundo, aberturas, frontões e ornamentos com o estilo emprestado da arquitetura clássica. É sem dúvida, um estilo de elegância e requinte.

Trazer o requinte da arquitetura clássica para sua casa é um investimento certo para quem pretende valorizar a moradia. Afinal, melhorar o lugar onde moramos sempre traz bons resultados. O Westwing pretende lhe ajudar nesse processo e por isso traz com exclusividade em seu site diversas inspirações que irão incentivar sua criatividade e bom gosto. São milhares de móveis e acessórios a sua disposição, além de ideias inovadoras e práticas para decorar o seu lar ou renovar o visual de sua casa.

Arquitetura Clássica Grega

A arquitetura clássica é baseada, principalmente, na arquitetura clássica grega, e posteriormente na arquitetura clássica romana. Ela tem como ideologia conseguir a perfeição harmônica e uma proporção considerada a mais correta, seguindo a proporção áurea e a escala humana. Isso resultou em belíssimas construções grandiosas, que são imitadas até hoje em vários lugares do Brasil e do mundo.

O Partenon, que foi dedicado a deusa padroeira de Atenas, Palas Atenas, é considerado um dos símbolos mais fortes e influentes da arquitetura clássica, representando o seu auge. Como todas as construções da arquitetura clássica, o Partenon é uma construção imponente. que impressiona a todos que a vão visitar.

A arquitetura clássica grega está dividida em três fases de estilos variados, com o objetivo de organizar as formas arquitetônicas. As fases são Dórica, Jônica e Coríntia (na verdade essa última pode ser considerada uma variação da Jônica). Cada uma das fases tem como característica a forma de utilização de frontões, capitéis e colunas, entre outros. As três fases ainda são consideradas muito atuais e bastante usadas em projetos modernos.

Arquitetura Clássica Romana

A arquitetura clássica romana também é considerada uma arquitetura clássica, e mesmo uma releitura da arquitetura clássica grega. Ela sofreu influência do cotidiano dos romanos, que sempre foram considerados muito trabalhadores e conquistadores. Foram eles quem começaram as construções de grandes estradas, trouxeram a água corrente para as cidades, passaram a oferecer banhos e lavatórios públicos além do transporte público.

Com todo esse cotidiano movimentado, os romanos acabaram por desenvolver novos sistemas de construção, cheios de arcos e abóbodas. Consequentemente, eles podiam construir espaços internos mais amplos e sem a necessidade do excesso de colunas de antigamente – o que passou a ser uma das características principais da arquitetura clássica romana. O uso de fileiras de arcos sobrepostos é muito encontrada hoje em dia em igrejas, templos e outras grandes construções imponentes. As casas em estilo romano sempre tinham vários aposentos amplos, pátios e átrios e essa arquitetura inspira muitos arquitetos na hora de criar, mesmo atualmente.

Próximas campanhas