Jardim de Inverno

Jardim de Inverno

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraJardim de Inverno

Não tenha dúvida de que charme, sofisticação e leveza serão conquistadas depois que você passar a ter um jardim de inverno! Isto porque ele garante um cantinho natural e extremamente aconchegante, tanto a espaços amplos como aos menores, sem precisar de muito. Além disso, o ambiente que recebe um jardim de inverno ganha frescor e vitalidade, já que ele é um recurso paisagístico que embeleza de um jeito bem particular e transmite a sensação de energias renovadas.

Hoje em dia, qualquer cômodo pode ter seu visual transformado com o jardim de inverno. Seus modelos com tamanhos variados permitem viajar por infinitas formas de decorar; sem contar os vários tipos de plantas, que conferem mais verde e um colorido alegremente versátil. Mas, por onde começar? Como planejar um jardim de inverno? E a escolha do ambiente? O Westwing responde a estas e outras dúvidas com dicas e propostas certeiras. Confira!

Jardim de inverno + decoração = beleza e originalidade

O ideal é começar pela organização do jardim de inverno, o que inclui bom senso na escolha do ambiente fechado que ele ocupará e os materiais certos para o preenchimento do espaço. Também é importante lembrar que o local precisa de iluminação natural e um sistema para escoamento da água se as espécies forem plantadas em canteiros.

Se o jardim de inverno for criado em um cômodo espaçoso, a indicação é que este deva ter janelas ou tetos de vidro para a entrada da luz. Ele pode ser disposto no chão e contar com móveis. Para os cômodos menores, normalmente em apartamentos, é possível adaptar varandas, anexar paredes de vidro ao ambiente ou, ainda, utilizar treliças ou um jardim vertical, que deixarão o espaço bem delicado.

Para a decoração de seu jardim de inverno, os móveis mais apropriados são os de fibra sintética ou madeira, como bancos e poltronas, que duram mais tempo. Dentre os materiais usados como peças decorativas estão os painéis de madeira, vasos artesanais, bases para vaso, pedra, fibra de coco, bambu, casca de árvores, lanternas marroquinas e fontes. Os revestimentos precisam resistir à umidade e podem ser azulejos com estampas claras, texturizados ou de tijolos. Em harmonia, todos estes elementos são capazes de conferir ao jardim de inverno até dois tipos de estilo: o boho, pela mistura de itens vintage a modernos, e o rústico, pelos materiais naturais e cores neutras.

As plantas de um jardim de inverno

As espécies mais indicadas aos jardins de inverno são as que florescem durante o ano todo para que o cantinho permaneça sempre vivo e renovado. Quanto à decoração, as espécies de plantas e flores são infinitas, sendo as mais recomendadas: lírios da paz, violetas, begônias, babosas de pau, antúrios, suculentas, minicactos, lanças de São Jorge, palmeiras chamaedóreas, samambaias, paus d’água e zamioculcas. A maioria pede pouca rega e luz, mas a dica, neste caso, é conhecer as necessidades, os locais ideais (canteiros ou vasos) e os cuidados que cada uma exige.

Ideias de ambiente para o jardim de inverno

Em salas de estar, o jardim de inverno fica gracioso embaixo de escadas e com fontes artificiais. Aqui, a sugestão é que sejam harmonizadas folhagens que não necessitem de luz direta, como a chamaedorea.

Banheiros e lavabos, além de funcionais, ficam muito acolhedores com um jardim de inverno, perfeitos para relaxar. A criação se dá embaixo de bancadas ou ao lado de banheiras. Se a exigência não for dividir o espaço com a natureza, as flores artificiais são bem-vindas! Uma decoração com pedras brancas para jardim, madeira e luminárias para banheiro do tipo plafon ou arandela proporcionarão elegância e modernidade.

Até corredores podem ser aproveitados para um jardim de inverno! Uma ideia bem criativa é criar um fecho de vidro em uma parede que divida o corredor e o quarto, permitindo a presença de vegetação e luz no cômodo.

Próximas campanhas