Mosaico na parede: transforme o clássico em contemporâneo

Não é de hoje que o mosaico na parede integra e decora ambientes. Na verdade, o primeiro uso de que se tem notícia foi na Grécia Antiga. Mas foi na era greco-romana que ele teve o seu apogeu, com diferentes técnicas perpassando culturas ao redor do mundo, como os famosos mosaicos bizantinos, do Oriente Médio e muitos outros.

Mosaico na parede: transforme o clássico em contemporâneo | westwing.com.br

Recentemente, essa arte milenar foi revisitada e passou por uma repaginada, se tornando uma maneira contemporânea de transformar os ambientes, adicionando personalidade e estilo. Que tal investir no mosaico de parede para transformar a sua casa? Veja as dicas que reunimos!

Compre agora com até 70% off:

Por que usar mosaico na parede?

O mosaico na parede é um tipo de arte que utiliza pequenos pedaços de materiais coloridos (azulejo, vidro etc.) para criar um design, com padrões geométricos ou fractais, que se repetem em escala.

Também existem mosaicos sem padrão, que parecem peças de arte moderna.

Além das versões tradicionais, você pode investir nos mosaicos de porcelanato, que criam desenhos simples e ousados, adicionando cor e estilo.

Mosaico na parede na sala | Westwing.com.br

O mosaico na parede cria um ponto focal e adiciona cor e contraste na sua decoração, como essa inspiração com a linha Area, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Independentemente do tipo de mosaico na parede, com o uso desse elemento será possível conquistar várias vantagens para a sua decoração, como:

  • Compor uma peça de design única, deixando a sua casa muito mais personalizada;
  • Adicionar contraste, especialmente para decorações cleans e em tons neutros;
  • Transformar rapidamente qualquer espaço, o deixando sofisticado e elegante;
  • Criar um ponto focal interessante;
  • Personalizar uma parede;
  • Inserir textura;
  • Adicionar cor.

Como transformar a decoração da sua casa com um mosaico na parede?

Já se convenceu de que o mosaico na parede é a peça que faltava para transformar a decoração da sua casa? Veja algumas dicas bacanas que reunimos para aproveitar essa ideia.

Definição do ambiente

Antes de começar a pensar em como será o seu mosaico na parede, é importante definir onde ele ficará. Analise quais paredes da sua casa podem ser destacadas com essa ideia, tanto na parte interna quanto na externa.

Decoração com mosaico | westwing.com.br

O mosaico na parede também pode ser usado para compor a decoração de áreas externas, agregando charme e personalidade (Projeto: Portobello S.A.)

São muitos os ambientes que podem receber essa aplicação, como varandas e sacadas, áreas externas (jardins, espaço da churrasqueira etc.), hall de entrada, sala de jantar ou de estar, corredores e lavabos, entre outros.

Escolha uma parede que ajude a destacar o ambiente e adicione contraste à sua decoração, direcionando o olhar de quem entra no espaço.

Além das paredes, se você quiser, poderá inovar criando um mosaico no piso. Por exemplo, na área de entrada, transmitindo logo de cara a personalidade marcante dos moradores.

Escolha do material

Depois de definir onde o mosaico ficará, pense em que tipo de material usará para fazê-lo.

Os mais usados para os mosaicos contemporâneos são as pastilhas, os azulejos na decoração e os porcelanatos. A Portobello, por exemplo, trouxe para o Brasil uma linha bem interessante nesse sentido, a Bonbon, da designer italiana Paola Navone.

linha Bonbon mistura a tecnologia e o feito à mão. Trata-se de um revestimento que foge do convencional, já que cada pessoa poderá criar o seu próprio mosaico, a partir de diferentes composições com as várias formas e cores disponíveis.

Decoração com mosaico na sala | westwing.com.br

A linha Bonbon, de Paola Navone, é uma excelente solução para criar mosaicos originais nas paredes da sua casa (Projeto: Portobello S.A.)

Mas claro, você também poderá investir em opções mais tradicionais, como os azulejos em formato de colmeia de diferentes cores, os ladrilhos hidráulicos, os azulejos geométricos, os ladrilhos com texturas e muitas outras alternativas em cerâmica.

Algumas linhas da Portobello que você pode usar para criar o seu mosaico na parede são: Athos Bulcão, Area, Atmosfera, Bardot, Cúbica, Ecodiversa, Forma e Play One.

Na hora de escolher, pense no quão fácil é assentar e cuidar do material. Os revestimentos cerâmicos são escolhas contemporâneas porque, além de bonitos e versáteis, não exigem um cuidado adicional com a manutenção, preservando as suas cores e beleza por muito tempo.

Escolha das cores e da paginação

Agora é o momento de começar a dar formato ao seu mosaico na parede.

Defina quais cores usará e como os revestimentos serão assentados, visando criar desenhos geométricos e padrões.

Você poderá criar um lindo mosaico monocromático, com revestimentos de diferentes tonalidades da mesma cor. Por exemplo, para um ambiente mais clean e moderno, é possível usar tons de cinza, desde o mais escuro (próximo do preto) até o mais claro (próximo do branco).

Mas se você tem um estilo criativo, que tal versões coloridas e impactantes? É importante, claro, que haja um equilíbrio com o restante da decoração — que pode aparecer em tons mais neutros e suaves, ajudando a destacar o mosaico.

Decoração da sala com mosaico | westwing.com.br

O mosaico monocromático é requintado, moderno e ideal para decorações mais cleans, como essa aplicação do revestimento Pavone Mineral Off White, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Em relação à paginação, tudo dependerá do revestimento que você usará e do efeito que deseja dar.

Caso vá usar um produto em formato geométrico, pode apostar na paginação horizontal ou vertical, se aproveitando das formas da própria cerâmica.

Ainda é possível inovar trazendo movimento ao seu mosaico. Por exemplo, com a paginação espinha de peixe, que forma um “L” na diagonal e fica excelente com decorações modernas. 

Outra ideia bacana é a paginação escama de peixe, que coloca os revestimentos em um ângulo diagonal ao ambiente, combinando perfeitamente com decorações retrô.

Já o estilo chevron é aquele efeito zigue-zague, que está super em alta.

Dentro dessas paginações, você poderá mesclar as cores, criar um efeito degradê e soltar a criatividade — mas sempre, claro, pensando em equilíbrio, balanço e harmonia com o restante do ambiente, para que o mosaico na parede se sobressaia de maneira positiva.

Elaboração do projeto de iluminação

Não se esqueça de um bom projeto de iluminação, que ajudará a destacar e favorecer o seu mosaico na parede. As luzes na parte superior, por exemplo, garantem um efeito sombreado e valorizam o revestimento — as suas cores e texturas —, deixando tudo ainda mais bonito.

Existem várias possibilidades em termos de cor e temperatura de luz, além, é claro, do posicionamento das lâmpadas. Por isso, vale a pena contratar um especialista, que será capaz de ajudar na escolha adequada da iluminação.

Mosaico na decoração da sala | westwing.com.br

Uma maneira de inovar e criar impacto é com uma parede inspirada no design de Athos Bulcão (Projeto: Portobello S.A.)

Para manter o seu mosaico na parede bonito, não se esqueça da manutenção. No caso dos revestimentos cerâmicos, ela é bem fácil, bastando usar um pano umedecido com detergente ou sabão neutro diluído em água. Por fim, é só secar com outro pano, evitando o surgimento de manchas.

Gostou das nossas dicas para criar um belo mosaico na parede? Encontre mais inspirações bacanas no Westwing e transforme a sua casa!