Como Escolher Taças Para Vinho

Como Escolher Taças Para Vinho

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraComo Escolher Taças Para Vinho

Como escolher taças para vinho... Uma pergunta que parece ser tão fundamental quanto a escolha do rótulo mais adequado para determinadas ocasiões. Não à toa, a importância das taças de vinho tem sido mais aflorada e propagada, nos últimos anos, por especialistas e consumidores, devido à real diferença que uma taça adequada faz para quem galga a degustação de vinho aos pilares de uma arte diferenciada e requintada.

Mas a dificuldade não está em como escolher taças para vinho, mas, sim, em saber equilibrar os sabores que cada uma das uvas pode oferecer, quando fermentadas e rotuladas, com a ocasião, e fazer isso explorando as nuances do vinho à sua décima potência. Por isso, confira o especial que o Westwing preparou sobre como escolher taças para vinho e aproveite para se inspirar em novas fronteiras de aromas e sabores da enologia!

Como escolher taças para vinho adequadas

Longe de ser um mito ou propaganda de produtores para vender mais modelos, as taças para vinho têm sido constantemente aperfeiçoadas para fazer bonito na decoração da casa, claro, mas, também, para explorar o que há de melhor em cada vinho aberto, seja no aroma, sabor ou textura. Para cada rolha gentilmente separada de sua garrafa, há uma taça adequada para sorver o vinho.
Aí reside o conhecimento necessário que se espera do consumidor em saber como escolher taças para vinho. Não se trata de ciência aprofundada, mas uma simples noção de diferenciação que visa fazer de cada ocasião que envolve desfrutar dos sabores de um vinho, um sucesso.

Quais taças de vinho escolher

Embora a variedade seja tão extensa quanto objetiva, especialistas tendem a entrar em consenso sobre a questão, pregando que não são necessárias taças às centenas na residência de quem aprecia um bom vinho. Mas elas devem, sim, ser escolhidas pontualmente, para aprimorar cada gole entre amigos.
Portanto, já que o estoque de taças de vinho pode ser reduzido, deve-se saber como escolher taças para vinho com harmonia e equilíbrio para as ocasiões. Assim, a etiqueta da enologia assinala quatro tipos de taças para o consumidor inexperiente na degustação de vinhos e, também, os mais experimentados, sem que se perca nos caprichos de provar tudo que a bebida tem a oferecer.

Os quatro tipos de taças de vinho

Para o consumidor que não sabe como escolher taças para vinho, os quatro modelos a seguir são essenciais para garantir que os rigores de uma taça para vinho sejam cumpridos, sendo duas para diferentes tipos de vinho tinto, uma média, para vinhos brancos, e as finas e compridas, para os espumantes.
Taça Bordeaux: dedicada aos vinhos tintos encorpados e com taninos acentuados. Seu design visa a concentração de aromas, para que não se dispersem enquanto a conversa flui entre goles dosados.
Taça Borgonha: com um formato que a assemelha a um balão, essa taça de vinho tinto procura valorizar as qualidades mais maduras da bebida, isso quando o vinho é mais concentrado.
Taça para vinhos brancos: seu corpo médio permite que a bebida seja apreciada em temperaturas mais refrescantes, garantindo a conservação do frescor por mais tempo. Além disso, seu formato permite que a essência do vinho, como a sua acidez e doçura, por exemplo, seja acentuada de maneira uniforme por toda a língua.
Taça para espumantes: não há segredo em como escolher taças para vinho quando se fala em espumantes. Estreita, com o bojo alto, e chamada de Flute, ela concentra as afamadas borbulhas por mais tempo, o que valoriza a delicadeza de sua essência, bem como o frescor.
Ao sentir a dúvida sibiliar na mente, sobre como escolher taças para vinho, inspire-se no Westwing e leve a um patamar mais elevado a degustação de vinhos.

Próximas campanhas