Conheça o Ronco do Bugio, um lugar feito para se desconectar

Além de todo o charme e aconchego, pousada carrega prêmio da ONU por suas práticas sustentáveis

Por Gabriella Mondroni

 

Imagine um lugar rodeado por bromélias, pedras gigantes e materiais naturais, em que sua única preocupação é relaxar, observar a natureza e se desconectar do mundo lá fora. Estamos falando do Ronco do Bugio, uma pousada que forma uma espécie de vila histórica e impressiona pela decoração aconchegante.

O Ronco, como o espaço é carinhosamente chamado, fica na cidade de Piedade, a cerca de duas horas da capital paulista, em um terreno de Mata Atlântica preservada. Em tempos de pandemia, conhecê-lo pessoalmente (ainda) não é possível – mas o Westwing veio te contar por que ele merece estar na sua lista do que fazer depois da quarentena. 

Pousada Ronco do Bugio, onde se hospedar em Piedade | westwing.com.br

1. A decoração

O Ronco do Bugio tem 15 suítes que, na verdade, são verdadeiras casas de campo. Cada uma segue um estilo arquitetônico diferente: há cabanas de pedra e madeira, lofts, casarões mineiros e algumas com vista para a Serra de Paranapiacaba. A chamada Suíte 5, por exemplo, é cercada por árvores frutíferas e guardada por um tradicional (e lindo!) portão caipira. 

A decoração das suítes, garimpada em antiquários e lojas de design, é uma das principais responsáveis na hora de criar um clima acolhedor. Por lá, tons neutros e terrosos, móveis de madeira e tapetes clássicos decoram e também aquecem. Descubra alguns detalhes na galeria abaixo:

 

WestwingNow com campo de busca e lupa para pesquisa | now.westwing.com.br|Powered by Rock Convert

2. As práticas sustentáveis 

O Ronco mergulhou em uma proposta mais consciente desde sua construção, que foi feita em locais onde já havia clareiras naturais e materiais de demolição de antigas fazendas desativadas. 

A pousada carrega prêmios da ONU de melhor iniciativa de neutralização de carbono e também o selo de excelência em qualidade de hospedagem e bem-estar do Healthy Building Certificate, autoridade no assunto. Para completar, todo o lixo é tratado – assim como a água utilizada, que volta à natureza com o mesmo grau de pureza. 

3. A proximidade com a natureza

Um dos destaques neste espaço é o contato direto com a natureza: além da paisagem estonteante e das flores por todos os lados, pássaros e macacos também estão sempre fazendo uma visita despretensiosa por ali. Aliás, como você deve imaginar, foi o ronco alto e tão característico dos macacos bugios que deu nome ao local. 

Pousadas para relaxar | westwing.com.br

4. Comfort food

A cozinha é mais um capítulo de sucesso e que chama atenção na pousada. O Ronco proporciona uma culinária feita com ingredientes recém saídos da horta, privilegiando orgânicos e frutas de produtores locais. No espaço, uma regra é clara (e muito amada pelos hóspedes): comfort e slow food sempre!  

5. Novas experiências 

Por conta do isolamento social, o Ronco do Bugio está temporariamente fechado – e irá abrir seguindo as orientações do governo. Quando tudo isso passar, vale programar uma estadia. 

Mas, além de aproveitar o espaço, por lá você também poderá curtir passeios de bike pela mata ou trilhas até a queda d’água dentro da pousada. Vale ainda agendar um piquenique (com direito a um cenário de filme) ou conhecer os produtores de legumes locais e desfrutar de uma refeição servida junto à plantação. 

Piquenique na mata | westwing.com.br

Gabriella Mondroni

Já conhece o nosso App?

Baixe agora

Baixe agora
Offline