Lustres Clássicos

Lustres Clássicos

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraLustres Clássicos

Não é de hoje que objetos e designs históricos servem de inspiração para a decoração de nossa casa e nos permite navegar por estilos variados. E esta “viagem” percorre desde móveis e itens decorativos até elementos que, além de úteis, adornam qualquer cômodo. Os lustres clássicos são grandes exemplos. Simples ou sofisticados, eles trazem para os dias de hoje a tradição e pompa comuns a outros séculos, o que não os impede de ter um toque moderno e ousado.

Foi na década de 1940 que estas peças versáteis e elegantes começaram a pontuar novamente a decoração, devido à influência portuguesa. Mas não apenas em residências, já que a arquitetura de interiores de igrejas, restaurantes e museus geralmente contavam com lustres clássicos. Você também quer deixar seus espaços mais aconchegantes, lindos e bem iluminados? Com o Westwing é possível encontrar belas inspirações e formas criativas de decorar com um lustre clássico.

Estilos de Lustres Clássicos

O luxo, frequente nos lustres clássicos, existe pelo uso de materiais preciosos, como os diferentes tipos de cristais e o metal cromado. É comum vê-los em pendentes requintados e de cores sóbrias, peças que transportam nosso pensamento para momentos remotos da história.

As dimensões e os formatos suntuosos são outros pontos bem característicos dos lustres clássicos, o que inclui os modelos com vários “braços” e cúpulas de tecido ou vidro – ideais para cômodos com pé direito alto. Por isso, alguns estilos de decoração se aproximam do tradicional quando se usa este tipo de luminária. O colonial, por exemplo, com pendentes que remetem à época provençal, com lustres clássicos iguais aos de grandes fazendas do século XIX.

Mas, se o estilo escolhido for glamour, a indicação é por lustres clássicos com cristal translúcido ou asfour na sala de estar ou jantar. Já o metal ouro rosé ou champanhe em pendentes clássicos criam um efeito shabby chic, resultando em um décor charmoso e delicado para o quarto, sem perder a sofisticação.

Lustres Clássicos com Itens Modernos

Seja para repaginá-lo ou mesclá-lo a elementos decorativos contemporâneos, um lustre clássico pode sim ter alguns traços de modernidade. Um exemplo prático é dispor a peça em ambientes que também sejam decorados com objetos atuais, como móveis arrojados em linhas retas e acessórios inovadores. Ainda é possível atualizar lustres clássicos com o uso de novas pinturas ou customizações com tecidos, ambos de cores vivas.

Inspirar-se em filmes ou séries é uma grande dica para transformar a decoração da sua casa. O filme “Cinquenta Tons de Cinza”, por exemplo, têm cenas nas quais aparecem diferentes modelos de lustres clássicos usados no design de aconchegantes salas de estar e jantar, e no clima rústico da sala de TV. E não é para menos: o longa foi gravado na Casa Mia, mansão colonial espanhola construída em 1932, no Canadá.

Próximas campanhas