Vitrola

Toca-discos, radiola ou vitrola é uma aparelho de som para tocar discos de vinil que, recentemente, ganhou um tom de item de decoração. O que antes parecia obsoleto e um objeto para vender ou doar agora é artigo de luxo em ambientes modernos e descontraídos. Seja para tocar de fato os vinis – que voltaram com tudo – ou apenas para decorar, essa peça não pode faltar no cômodo que você pretende decorar.

Vitrola | westwing.com.br

Esse equipamento, encontrado geralmente em antiquários, também está disponível em versões mais modernas, com drive para CDS ou conversor de MP3. O Westwing adora vitrolas e acha que incorporá-las na decoração é uma excelente pedida e, por isso, selecionamos vários tipos de vitrola para você conferir. Vale, ainda, ler nossas dicas sobre a utilização dessa peça na decoração e como escolher a opção mais adequada de acordo com o seu gosto.

Compre agora com até 70% off:

Incorporando a Vitrola à Decoração

A vitrola pode ser encontrada em diversas cores e estilos e, por isso, deve ser utilizada de uma forma a combinar com o ambiente. Você tem muitos vinis herdados de mãe, vó ou parentes? Que tal colocar uma vitrola sobre o móvel que acomoda sua coleção? Um cantinho da casa destinado ao relaxamento ou à leitura também pode abrigar um objeto desses. Imagina só que charme!

A Vitrola na Parede

Uma vitrola não precisa ser, de fato, apenas essa peça em questão. Se você quiser incorporar essa ideia a um ambiente, que tal colar um adesivo de vitrola na parede? Um gramofone também é uma ótima ideia e ajuda a compor a ideia de musicalidade de um cômodo sem, necessariamente, ter esse objeto. É claro que o ideal é ter uma bela vitrola para ouvir suas músicas prediletas, mas apenas usar seu formato e seu charme valem a pena!

A Vitrola Moderna

A vitrola continua com a mesma roupagem, mas assumiu muitas outras funções. Agora, há aparelhos portáteis que convertem o áudio dos discos de vinil para o formato WAV e MP3, além de possuir conexão USB e alto falante interno. Tudo isso sem perder o estilo vintage! Outros aparelhos que remetem a um jukebox, por exemplo, possuem rádio AM e FM, controle remoto e até saída para caixas de som auxiliares.

Vitrola Vintage

Independente do ambiente, a vitrola vintage é uma peça clássica e que será destaque ou ficará perfeitamente equilibrada ao local. Na sala de estar moderna, clean ou retrô, a vitrola vintage posicionada na mesa lateral é para quem deseja ter sempre uma trilha sonora por perto na sua vida. Aproveite para criar um nicho ou estante com caixotes para expor os vinis e CDs, deixando prático e em fácil alcance no dia a dia. Para a sala de jantar, a vitrola vintage posicionada em um aparador é singela e trará um toque minimalista.

No quarto de casal, reserve um espaço em prateleiras ou escrivaninha para a vitrola vintage. Esta será uma área despojada para curtir as músicas marcantes e aproveitar momentos especiais. Um frigobar retrô também é bem-vindo para criar uma proposta moderna e arrojada. Já no quarto infantil, a vitrola vintage é para relaxar a criança, mas deve estar em um local alto para estar segura e livre de preocupações dos pais.

Vitrola Retrô

A vitrola retrô une design e função em um único aparelho. Afinal, ela pode até ter um visual antigo, mas com propriedades bem atuais. A vitrola foi o primeiro dispositivo capaz de reproduzir músicas gravadas, tendo sido inventada por Thomas Edison em 1877. O toca discos foi uma verdadeira revolução, conquistando de vez um lugar nos lares do mundo todo.

Com o tempo, diversos tipos de vitrola surgiram, perdendo espaço, posteriormente, para aparelhos mais modernos. Gramofones, vitrolas portáteis e muitos outros modelos ficaram na memória. No entanto, a vitrola retrô vem retornando o seu lugar e garantindo beleza na decoração, bem como um posto especial como artigo de luxo, inclusive.

Decoração com a Vitrola Retrô

A vitrola retrô costuma ser muito utilizada em projetos de decoração de espaços com grande circulação de pessoas, como a sala e a varanda. Isso porque a vitrola retrô ajuda a criar uma atmosfera animada e ideal para reunir as pessoas.

Para imprimir um ar sofisticado, o gramofone é a peça escolhida. A peça possui um ar retrô – e é usada apenas como decoração. Fica perfeito em aparadores coloridos e junto de outros elementos antigos, como lunetas e vasos retrô. Ainda nessa mesma proposta, a vitrola portátil traz um ar mais romântico e delicado, podendo estar presente inclusive no quarto infantil – é uma boa oportunidade para mostrar às crianças como se ouvia música antigamente.

Mas se a intenção é ter uma vitrola retrô que reproduza músicas, vale optar pelos modelos atuais, que oferecem entrada USB e rádio FM. Com o design de vitrola retrô e funcionalidades atuais, a vitrola retrô será um item de extrema utilidade em casa. A dica é dispor de um espaço dedicado à música – nichos para o disco de vinil e uma mesa para apoiar a vitrola retrô trazem um ar nostálgico com uma proposta bem atual.

Para finalizar, complemente a decoração com o uso de samambaias e vasos bico de jaca, que representam a essência retrô com um ar de aconchego e tranquilidade. Assim, a vitrola retrô estará em destaque na decoração do lar, fazendo a alegria de festas e reuniões entre amigos e familiares!

Como Funciona a Vitrola

A vitrola é uma base destinada a acomodar o prato circular, que gira no sentido horário acionado por um motor elétrico, com um pino central onde se deposita ou encaixa o disco. Do lado direito conta com um braço pivotante contendo, na extremidade, uma cápsula fonocaptora e agulha para se fazer a leitura dos microssulcos do vinil. Para se ouvir o disco, a agulha é colocada na borda externa do disco. As velocidades de rotação do prato podem ser de 16, 33 e 1/3, 45 ou 78 RPM.

Já deu para perceber que a vitrola está com tudo, né? Está esperando o que para incorporar esse objeto à decoração da sua casa e ainda desfrutar de um som de qualidade? Aumente o som e divirta-se!

Westwing: O Extraordinário Mundo da Sua Casa!