Iluminação para Quadros

Iluminação para Quadros

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraIluminação para Quadros

Objetos decorativos, pinturas e fotografias são capazes de mudar a atmosfera de nossas casas, tornando cada espaço unicamente nosso. Mas os apreciadores de obras de arte sabem que não são apenas as molduras que podem destacar os quadros. A iluminação para quadros pode parecer ser algo complicado de se fazer sem danificá-las nem alterarem suas cores, mas se feito de forma certa é capaz destacar a peça, assim como seus detalhes.

Para criar a iluminação para quadros de forma que eles ganhem o impacto visual desejado, o Westwing dá algumas dicas sobre as lâmpadas ideais para destacarem suas peças sem que elas sejam danificadas. Veja qual é a maneira ideal de posicionar as luzes com a intenção de destacar apenas um quadro ou vários e também como enfatizar texturas presentes em objetos decorativos. Confira nossas dicas e crie um ar de museu em casa.

Tipos de lâmpadas ideais

Ao dar destaque a uma peça com o uso de iluminação para quadros, deve-se tomar cuidado com o tipo de lâmpada usada, pois algumas podem danificar as pinturas ou alterar as cores reproduzidas. A iluminação para quadros pode ser feita com lâmpadas refletoras de halogéneo. As lâmpadas halógenas são ideias na iluminação para quadros por terem um alcance melhor em relação a distância, além de reproduzirem com fidelidade as cores dos da obra de arte. Lâmpadas incandescentes, além de distorcerem as cores do quadro, emitem raios ultravioleta que podem danificar a obra. As lâmpadas LEDs ou xênon podem ser usadas com tranquilidade, pois são consideradas lâmpadas frias, que além de não danificarem as pinturas, têm um baixo consumo de energia. Para fazer a iluminação para quadros ainda existe a opção de usar filtros especiais que protegem as obras dos raios UV além de enfatizar as cores da pintura.

Instalação de iluminação para quadros

O posicionamento da iluminação para quadros é algo essencial em questão de destacar as pinturas de forma ideal. Para a instalação com posicionamento correto, coloque um ponto de luz num ângulo de 30 graus em relação à obra, para quadros maiores, o ângulo pode ser cinco graus maior, evitando sombras indesejadas. Se a intenção é acentuar as texturas presentes na peça, reduza o ângulo em cinco graus. A abertura do feixe de luz ou a potência da lâmpada também alteram o destaque do quadro. Para mostrar um único quadro, a luz deve ser dirigida, que pode ser feita diminuindo o feixe de luz. Já para destacar várias peças, utilize uma luz difusa, com o feixe de luz mais aberto.

Próximas campanhas