Roupeiro

Roupeiro

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraRoupeiro

Guardar as roupas, organizar todas as peças do vestuário e compor com a decoração do quarto de dormir. O roupeiro pode ser definido dessa forma, importante móvel que não deve faltar em nenhuma composição. Blusas, calças, ternos, vestidos, a mobília suporta uma carga muito grande das montanhas crescentes de roupas que acumulamos em casa. No entanto, o roupeiro - também chamado de guarda-roupa - é o móvel mais importante e essencial para o nosso número incontável de itens do vestuário.

Quer saber mais sobre o artigo, os tipos encontrados pelo mercado e a localização adequada para colocá-lo na sua ambientação? Então confira o conteúdo Westwing a seguir. Nesta página você pode aproveitar informações especialmente selecionadas sobre os modelos de roupeiro que existem, a estrutura e o espaço interior que oferecem. Esperamos que assim possamos te ajudar, inspirar e motivar na hora da busca pelo roupeiro mais adequado para a sua composição!

Tipos de roupeiro

Antes de escolher um roupeiro para casa, é preciso esclarecer algumas coisas e observar uma lista de pré-requisitos. A questão principal é o espaço disponível para colocar um roupeiro no quarto. Uma vez pensada essa questão, pode-se determinar o tamanho do roupeiro. Por um lado, o tamanho do roupeiro deve ser generoso. Além disso, o roupeiro não deve ser a parte dominante do quarto, deixando o papel principal para a cama. O ideal é optar por modelos que cheguem ao teto, sem ocupar muito espaço na largura do cômodo. Assim, o espaço do ambiente é totalmente utilizado. Para o efeito ideal, o roupeiro deve combinar com o estilo e visual da cama, criando uma sensação de calma e organização. Outra opção é escolher uma mesa de cabeceira, cuja as formas ou cores agirão como um elemento unificador entre o estilo da cama e do roupeiro. É sempre bom que o guarda-roupa esteja em sintonia com os demais móveis e acessórios do quarto.

Corpo e portas

Qual a largura? Qual a altura? Branco ou em cor de madeira? Portas de correr ou articuladas? Portas com espelhos? Sem portas? Como mencionado anteriormente, a primeira coisa a se considerar na escolha de um roupeiro é que seu tamanho corresponda ao espaço destinado para a sua colocação dentro do quarto. As portas de correr são usadas em armários de maior largura, pois se eles não forem grandes o suficiente, a técnica deste tipo de porta não funciona. Portas com espelhos são ideais para fazer o quarto parecer maior, já que o reflexo dos espelhos cria uma sensação de espaço no ambiente.

Roupeiro

Posição do roupeiro

A localização mais clássica e mais comum do roupeiro é contra a parede, ocupando o mínimo de espaço possível no quarto. Muitas vezes, o roupeiro é tão largo como a parede na frente da qual ele está posicionado. Outra boa possibilidade é colocar o roupeiro como um separador de ambientes dentro do quarto. Atrás do roupeiro pode ser colocado, por exemplo, um sofá ou cadeira, de modo que o quarto ou a cama passem mais despercebidos. Assim, consegue-se que as visitas não vejam diretamente a área de dormir quando entrarem no quarto. Outra boa solução é colocar o roupeiro a um metro ou um metros e meio da parede, de modo que apenas um dos seus lados fique contra a parede do quarto, fazendo a parte de trás do roupeiro como parede para encostar a cama.

Espaço interior

Quanto espaço é necessário? O que é melhor: mais compartimentos, gavetas ou espaço para cabides? É muito importante olhar para dentro do roupeiro. Existem muitas maneiras de conceber e organizar um roupeiro por dentro, criando uma ordem. Gavetas e puxadores são perfeitos para armazenar roupas íntimas, meias ou cachecóis. Cabides removíveis para calças são muito convenientes, impedindo que jeans e calças de tecido criem vinco ou amassem.

Próximas campanhas