Festas Temáticas: noite japonesa

Você adora receber os amigos em casa para noites diferentes, regadas a comida e boa conversa? Então confira nossa série Festas Temáticas para que você seja um anfitrião exemplar. Nossa primeira viagem embarca no Japão e mostra como oferecer um jantar oriental perfeito.

Na terra do Sol nascente

Vamos começar pela ambientação. Para um jantar japonês, abuse de artigos orientais, que são muito fáceis de encontrar. Flores de cerejeira e luminárias de papel não podem faltar!

Tradicionalmente, os japoneses comem sentados ao chão. Porém, eles possuem pisos especiais para a prática. Para tornar o seu evento mais confortável, disponha futons em torno de uma mesa de centro.

decoração japonesa

Utensílios especiais

Os orientais possuem utensílios diferentes para servir. Para uma experiência tradicional, conheça algumas peças que fazem toda a diferença na composição da mesa, além de deixarem tudo com uma beleza única.

Prato para sushi: o kakuzara quadrado é o mais usado nas refeições orientais. Porém, você pode degustar as iguarias em pratos comuns. A dica é: evite peças muito coloridas ou com estampas chamativas, para que os alimentos coloridos tenham o merecido destaque.

Tigela de sopa: chamado de owan, o bowl é usado especialmente para servir sopa de missô, o missoshiru. Não é necessário dispor colheres: a entrada é consumida diretamente levando o owan à boca.

mesa para noite japonesa

Para o arroz: também existe uma forma correta de servir o gohan, arroz japonês. A colher, shamoji, geralmente é feita em madeira e deve ser molhada a cada uso, para que o alimento não grude. Na hora de consumir os grãos, é possível usar um pote ou uma bacia de madeira, chamada hangiri.

Servindo saquê: a tradicional bebida costuma ser colocada em um massu, copo especial quadrado que vem acompanhado de um ukesara, uma espécie de pires.

Complementos essenciais: deixe à disposição dos seus convidados um par de hashis, aqueles talheres em forma de pauzinho, e um nozoki, tigela especial para shoyu.

noite japonesa

Para fazer bonito na hora do jantar

Além de utensílios diferenciados, há alguns costumes de etiqueta ditados pela tradição nipônica. Siga essas dicas para fazer bonito à mesa.

  • Antes de começar a refeição, é costume limpar a mão com uma toalhinha quente, chamada de oshibori. Disponha uma para cada convidado.
  • Os hashis possuem algumas regrinhas de uso. Não é de bom tom gesticular com os talheres nas mãos. Evite também apontá-lo para outros convidados à mesa e cravá-los na tigela de alimentos. Para garantir que eles sejam usados corretamente, deixe à mesa alguns apoiadores especiais para os pauzinhos.
  • Se você ou algum dos convidados não se adaptar aos hashis, não há problemas em consumir o sushi ou sashimi com as mãos.
  • O lugar de honra deve ser dado ao convidado mais importante, longe da entrada. Próximo à porta é o espaço reservado ao anfitrião.
  • Para alimentos servidos em bowls, não é indicado inclinar-se até as tigelas. O ideal é levar a peça à boca.
  • O saquê é bebido ao final da refeição, de uma vez só. Esse é o momento onde o brinde é feito.
noite japonesa

Receita: sunomono

Que tal aprender a fazer uma entradinha fácil para o seu evento oriental? A salada de sunomono faz sucesso e é uma delícia!

Ingredientes:

  • 3 pepinos japoneses
  • 300ml de vinagre de arroz
  • 1 colher de chá de sal
  • 250g de açúcar
  • Semente de gergelim

 Sunomono

  1. Corte os pepinos em fatias finas. Se necessário, use um fatiador de legumes
  2. Coloque os pepinos em uma peneira com sal. Deixe descansar por meia hora. Depois, lave em água corrente.
  3. Ferva em uma panela o açúcar e o vinagre. Retire do fogo e aguarde esfriar.
  4. Coloque o líquido frio sobre os pepinos. Leve à geladeira por 12 horas.
  5. Ao servir, polvilhe gergelim.

Agora é só aproveitar o seu delicioso evento!

Camila Nakamura

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora
Offline