Thea Porter e o retorno ao estilo boho chic

Ao longo das décadas, seu nome foi se apagando da memória dos apaixonados pela moda. Recentemente, o interesse pelo fashion vintage ganhou força e suas criações são resgatadas, reinterpretadas e aclamadas. Tornam-se, mais uma vez, únicas e imortais diante do turbilhão de ideias e novidades. Conheça Thea Porter, a grande mente criativa por trás do estilo Bohemian Chic.

Thea Porter, designer e estilista dos anos 70.
Foto © Tony McGrath, The Observer

Nascida em Jerusalém e criada na Síria, era a irmã do meio entre três filhos. A infância no Oriente Médio influenciou nas referências estéticas que, mais tarde, dariam vida às suas roupas. Ela acredita que o bazar que a mãe tinha em Damasco rendeu ensinamentos e serviu de impulso para o começo de sua carreira. Foi lá que ela aprendeu sobre tecidos, rendas, acessórios, aromas e outras especialidades, além de desenvolver a primeira peça própria: um vestido de seda azul com mangas bufantes.

Hippie-chic, boêmio e exótico

No começo dos anos 60, mudou-se para Londres com o objetivo de ser pintora. O que aconteceu? Virou uma designer de interiores que decorava o apartamento dos amigos misturando móveis orientais e ocidentais. Com o tempo, começou a produzir roupas combinando sedas com tecidos antigos. Visualmente ricas e com estampas exóticas, acreditava na casualidade de peças que eram fáceis de usar.

Roupas com estilo boho assinadas por Thea Porter.
Foto © Fashion and Textile Museum

É importante entender que, naquela época, a sociedade tinha o desejo de mudanças e rompimento com os valores tradicionais. A moda de Thea Porter absorve, compreende e reflete tal anseio com a originalidade e conceito confortável, chamando a atenção de personalidades da música e do cinema. De Pink Floyd a Elizabeth Taylor, passando também por Barba Streisand e The Beatles, os looks marcaram a geração da década de 70.

Modelo dos anos 70 com roupa de Thea Porter.
Foto Venetia Porter collection © V&A Photographic Studio

A autenticidade do estilo boho, a paixão por estampas, os visuais hippies e a mistura de materiais a consagraram como ícone no cenário fashion britânico. Foi premiada como a designer do ano em 72, esteve em revistas de moda ao redor do mundo inteiro, é reconhecida como figura essencial dentro de um grupo de designers inovadores do século XX e, agora, suas peças são requisitadas por um grupo seleto de celebridades como Julia Roberts e Kate Moss.

Vestidos com estilo boho por Thea Porter.
Foto © Fashion and Textile Museum

Em fevereiro deste ano, o Museu de Moda e Têxtil em Londres realizou uma exposição em homenagem à estilista, lançando um olhar aprofundado em relação ao trabalho tão único que ela desenvolveu como estilista e designer. A retrospectiva abrange os primeiros anos de vida em Damasco e Beirute, além da carreira em diferentes lugares como Nova York e Paris. A mostra explora também as influências orientais e do norte da África, apresentando ainda vestidos raros e adoráveis.

O estilo boho volta com tudo!

Ele invadiu as passarelas, as lojas, os guarda-roupas mais famosos e também a decoração! O estilo boho de hoje continua com o espírito livre do passado e faz referência ao movimento hippie dos anos 60 e 70, mas com uma pitada de atualidade. Autêntico e despojado, o ambiente que segue a proposta quebra padrões ao combinar estampas e texturas de forma ousada.

Estilo Boho Chic na decoração.

Amantes do folk, hippie, gypsy e boho podem preparar o coração, pois criamos uma seleção com produtos de decoração que conseguem traduzir a essência estética dos estilos. A única regra para suas próximas composições é não ter regras!

Priscila Silvério

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora