Fechadura Externa

Fechadura Externa

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraFechadura Externa

Sentir-se seguro em casa é fundamental para que você e sua família tenham tranquilidade a aproveitem seus momentos juntos. Por isso, escolher uma fechadura externa não é tarefa das mais fáceis, já que é ela que será responsável por manter seu lar livre dos perigos de fora. Ela ficará mais exposta e, por isso, o modelo mais recomendado é o composto por cilindro, cujo mecanismo abre e fecha a porta apenas com o uso de chaves.

Disponível em diversos materiais, tais como zamac (mistura de alumínio, liga de zinco, cobre e magnésio), alumínio, latão e aço, a fechadura externa pode ser usada muitas vezes ao dia e, por isso, precisa ser resistente, não apenas bonita. Para garantir que você escolha a melhor fechadura externa, o Westwing listou uma série de dicas e informações sobre esse acessório, muito mais importante do que imaginamos. Vem com a gente e saiba tudo sobre fechaduras!

Escolhendo uma fechadura externa

Ao escolher uma fechadura externa, fale com o vendedor da loja e veja se ela conta com os seguintes itens de segurança e resistência:

  • Resistência à corrosão: as feitas em alumínio são as mais resistentes, ao passo que o latão é mais seguro;
  • Resistência a arrombamentos: classificada em três níveis (alto, médio e baixo), a resistência a arrombamentos de uma fechadura externa é quesito super importante;
  • Capacidade de absorver tráfego: esse índice avalia a capacidade de absorção de impacto da fechadura externa considerando o número de vezes em que a porta é aberta e fechada;
  • Alta segurança: esse tipo de fechadura externa conta com um sistema diferenciado de segurança e é indicado para portas blindadas.

Além da fechadura externa, qual outro tipo existe?

Além das fechaduras internas (mais comuns) e das fechaduras externas, há produtos de outros tipos, que listamos a seguir:

  • Fechadura eletromagnética: usada no travamento de portas, sempre integrada a sistemas de controle de acesso;
  • Fechadura eletrônica: aqui, a abertura é feita através de uma senha ou de cartão magnético, com modelos para uso externos e internos;
  • Fechadura biométrica: é a mais segura de todas, pois a abertura só é realizada mediante a leitura da impressão digital de uma pessoa registrada.

O que levar em conta ao trocar uma fechadura externa?

Na hora de trocar uma fechadura externa você deve, primeiramente, verificar a compatibilidade do conjunto de maçanetas e a fechadura externa da qual você gostou com os furos e cavidades da sua porta. Importante: a distância entre os itens do velho e do novo conjuntos devem ser iguais, por isso, a melhor forma de evitar erros é levar o conjunto que será trocado até a loja. Assim, você compara as peças e analisa também a espessura da porta. Sabia, por exemplo, que deve existir 10 mm de espaço entre a chapa da fechadura externa e a borda da espessura da porta?

Diferença entre fechadura externa, puxador e maçaneta

Esses três itens se complementam, mas algumas pessoas confundem suas funções. A maçaneta, primeiramente, deve ser girada para abrir a porta e é utilizada quando um grau de segurança é necessário. Já o puxador não requer movimento especial para ser aberto. Basta puxar ou empurrar essa peça para abrir uma porta. Geralmente, é utilizado em portões ou portas de correr.

As fechaduras externas, por fim, foram concebidas exclusivamente para trancar a porta e necessitam de uma maçaneta para manipular sua abertura e fechamento.

Na hora de escolher uma fechadura externa, tenha em mente o estilo da sua casa e suas preferências de cor, material e tamanho. Não se esqueça, no entanto, de avaliar os níveis de segurança e a compatibilidade da peça com a sua porta. Boa sorte!

Próximas campanhas