Mapas Antigos na Decoração

Mapas Antigos na Decoração

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraMapas Antigos na Decoração

Os mapas já foram referência exclusiva para viajantes desorientados ou certos de seu destino, mas com um fiel registro geográfico do percurso a ser percorrido. Ultimamente, no entanto, com uma tecnologia cada vez mais palpável na tela do computador ou em aparelhos portáteis, os mapas antigos na decoração são uma alternativa para trazer referência e charme ao seu lar, sem deixar de lado suas principais características.

Isso porque mapas antigos na decoração se tornaram uma das tendências modernas para dar um apelo mais intenso ao lar, podendo figurar tanto nas paredes quanto em diversos móveis espalhados pela casa. O Westwing, que busca sempre garantir a localização das melhores tendências ao seu público, preparou este especial sobre mapas antigos na decoração para inspirar o seu lar a viajar, mas sem sair do lugar. Entre nessa decorativa jornada e reinvente a sua decoração caseira!

Mapas Antigos na Decoração

Além de trazer mais cores ao ambiente, os mapas antigos na decoração ressaltam a personalidade exploradora e aventureira de quem os utiliza, de maneira inusitada, até, para a composição do lar.

Charmosos, eles contam, ainda, com uma variedade ampla de modelos, tal qual foram retratados nos últimos séculos e que, hoje, podem ser transpostos para móveis ou nas paredes da casa.

As aplicações para os mapas antigos na decoração são tão variadas quanto elegantes e versáteis. Vamos conferir, a seguir, alguns usos para fazer do seu lar um ambiente pluralizado e global, com destaque para as inspirações que eles podem trazer como protagonistas decorativos ou coadjuvantes.

Aplicações dos Mapas

A aplicação de mapas antigos na decoração pode ser pensada, meticulosamente, de diferentes maneiras – e buscando, sempre, a harmonia. Entre os usos mais populares dos mapas antigos na decoração podemos destacar:

Quadro: embora seja a opção mais corriqueira e adotada, os mapas contribuem, e muito, para colorir e dar mais destaque ao ambiente, pendurados nas paredes. Eles são, de maneira criativa e econômica, uma alternativa às obras de arte e contam com variedades que embarcam novos estilos à decoração.

Lembrando que a cultura geek não fica de fora e conta com diversos mapas fictícios que podem compor a ambientação, como a Terra-Média, da saga O Senhor dos Anéis, por exemplo ou o mapa de Westeros, do seriado Game of Thrones.

Papel de parede: para aficionados pelas referências globais, o papel de parede cria um fiel registro, do piso ao teto, de diferentes projetos cartográficos. Pode ser da sua cidade, país ou do mapa de todo o planeta Terra. Deixe a criatividade emergir para uma composição temática utilizando mapas antigos na decoração.

Móveis: recortes inteligentes podem recobrir gavetas e outros móveis, como o tampo da cômoda do quarto, por exemplo, ou cabeceiras de cama e a mesa de centro, entre outros móveis. Basta certo cuidado, entretanto, para não dominar o quarto e a casa inteira com referências cartográficas e, assim, pecar pelo excesso.

Itens decorativos: diversos objetos de decoração, hoje em dia, possuem mapas antigos estampados neles. De abajures a almofadas e travesseiros, fica mais fácil e discreto ambientar o lar com mapas antigos na decoração. De tecidos a tamanhos variados, é ideal para quem não quer encher as paredes com mapas, mas sabe pontuar o seu estilo com discrição e elegância.

Invista nos Mapas Decorativos

Da sala ao quarto, das cômodas às paredes, não há muitos limites para utilizar os mapas antigos na decoração. Inspire-se nas dicas do Westwing e coloque a sua casa como referência no mapa – ou vice-versa – com as melhores e maiores tendências decorativas.

Próximas campanhas