Por dentro da Casa Cor 2016: mais ambientes apaixonantes

A Casa Cor continua rolando e nós não deixamos de acompanhar tudo o que acontece por lá. Nesta semana trouxemos detalhes, tendências e inspirações encontradas nos ambientes criados por Leo Romano, Nildo José, Denise Barreto, entre outros profissionais. Vem dar uma olhada!

Jardim Suspenso – Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli

Apostando na elegância em contraste com a natureza, a dupla de arquitetas projetou um espaço sofisticado com ares de gazebo de inverno. Nos 36 m², elas conseguiram atingir o equilíbrio perfeito entre materiais naturais, uma paleta leve e elementos finos, como o mármore. A incidência de luz através das grandes janelas também é um detalhe importante que faz toda a diferença no ambiente, principalmente por valorizar o paisagismo criado por Leda Jafet, com plantas nativas que levam um clima de selva para dentro do local.

IMG_1029-1

O dourado fosco espalhado em detalhes e a lareira centralizada são elementos essenciais utilizados por Andrea e Fernanda parar criar o clima aconchegante, acolhedor e convidativo. Para acrescentar, um dos grandes destaques é a utilização do quartzo Perola Venata para o acabamento na lareira e nas colunas da estante, dando um toque final de luxo.

IMG_1020-1
IMG_1041-1

Sala dos Amigos – Denise Barreto

A atmosfera masculina criada por Denise no espaço de 47 m² foi feita a partir de cores sóbrias que se espalham entre os móveis e revestimentos. Entre as peças escolhidas para compor o ambiente, estão criações de Sergio Rodrigues, Jader de Almeida, Etel Carmona e Jorge Zalszupin. A ideia de misturar diferentes gerações de designers foi uma maneira que ela encontrou de valorizar a história do mobiliário brasileiro dentro do seu projeto.

DSC_3754ok - Créditos Romulo Fialdini (15)-1
Foto: Romulo Fialdini

A parede e texturizada remete ao efeito do aço corten, o que entra em perfeita harmonia com o papel de parede estampado que cobre todo o teto. Mas o que realmente rouba a cena é a adega na parede projetada de maneira que pareça uma vitrine de vinhos, que, além de resfriada, recebe uma iluminação perfeita, dando o charme à mais na composição.

DSC_3754ok - Créditos Romulo Fialdini (3)-1
Foto: Romulo Fialdini
DSC_3754ok - Créditos Romulo Fialdini (1)-1
Foto: Romulo Fialdini

Terraço Gourmet – Joana Requião

Com jeito de casa de campo, a intenção da arquiteta foi desconstruir o conceito tradicional de terraços e varandas. Dentro desse projeto, o paisagismo assinado pelo Studio Externo tem papel importante, contando também com uma parede de rocha que faz o contraponto entre a estética rústica e a elegância de mobiliários, como o de Oscar Niemeyer. A utilização do vidro no teto também fez toda a diferença na iluminação e ventilação do ambiente.

Busquei criar um espaço harmonioso que contemplasse os elementos que dão estilo aos meus projetos”, conta a arquiteta.

IMG_4025 - OK-1
IMG_3996 - OK-1
IMG_3979 - OK

  

Casa Braile – Leo Romano

No projeto de Leo, a arquitetura é usada como caminho para reflexão, ampliando os conceitos sobre o jeito de morar. Tudo isso começa com os painéis de alumínio perfurados que envelopam o teto e as paredes, instigando nosso olhar e até mesmo o tato. É nesse ponto que o projeto ganha o significado de seu criador, que acredita que um bom projeto de interiores deve ser sensorial, despertando a ampliação dos sentidos.

_VIL1825-1

Já a gama de cores é criada a partir de um recurso cênico de iluminação que resultam em graduações da cor rosa que se espalham pelos móveis, objetos, detalhes e superfícies do local. Para complementar, o profissional apresenta em primeira mão alguns dos móveis de sua nova coleção, chamada Bailarina, como é o caso da mesa de jantar, o aparador e os espelhos de piso e de parede. O resultado de todas essas combinações inusitadas é um lugar lúdico e autêntico.

_VIL1860-1
_VIL1866-1

Estúdio Jabuticaba – Nildo José

Os 44 m² do estúdio é composto por um clima jovial, acolhedor e funcional. Para começar, o nome dado ao espaço revela uma surpresa encontrada dentro da decoração: um exemplar de jabuticaba. Mas o que surpreende é o modo como ela foi colocada, suspensa a partir de cabos de aço envolvidos por uma técnica japonesa chamada kokedama.

IMG_0496-1

Além disso, um item que chama atenção é o banco que percorre todos os cantos. Hora servindo como apoio, hora como assento, o móvel criado pelo jovem arquiteto consegue cumprir todas as funções necessárias em um pequeno ambiente que exige praticidade.

IMG_0459-1
IMG_0526-1

Lounge do Barista – Olegário de Sá e Gilberto Cion

Seguindo o conceito proposto pela mostra, o arquiteto e o designer de interiores criaram um espaço que estimula encontros, conversas e diversão através da paixão nacional: o café. Em meio a obras de arte e livros, é possível sentir uma atmosfera intimista feita para receber convidados da maneira mais confortável possível. Para dar a sofisticação desejado ao ambiente, eles apostaram em peças-chave em cobre e metal dourado em uma paleta de cores intensas e nuances cinzas.

_MG_8469-1

A decoração cosmopolita conta com iluminação de LED e cubus com diferentes tamanhos, criando um efeito interessante na parede de alvenaria. Entre os móveis, nomes brasileiros e internacionais assinam os itens. “Peças clássicas misturadas com atuais ajudam a compor a decoração sofisticada”, diz Olegário.

_MG_8408-1
_MG_8462-1

Bianca Machado

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora