O design contemporâneo de Tom Dixon

Tom Dixon está sempre trabalhando nos projetos mais diversos: desde desenhar roupas para a Adidas até a criação de uma casa em Mônaco, ele agarra cada oportunidade com as duas mãos. No momento, seu trabalho é destaque em museus como o MoMA de Nova York e do Centro Georges Pompidou, em Paris. Conheça a história e o trabalho deste que está entre os designers mais respeitados da atualidade.

Tom Dixon e suas peças de design contemporâneo

Como tudo começou

Tom Dixon nasceu na Tunísia, onde descobriu sozinho suas habilidades com o design. Mais tarde, em 1975, tomou aulas de cerâmica e pintura na “Holland Park Comprehensive”, onde nasceu sua obsessão por materiais, produção e formas. Também trabalhou como baixista de uma banda, desenvolvendo-se criativamente e comercialmente, e reparando motores, o que contribuiu para o seu conhecimento de técnicas e materiais. Rapidamente, Dixon aprendeu a soldar e transformar sucata de metal em objetos funcionais. Quem o influenciou como designer? “Mais engenheiros do que por designers, realmente”, ele conta. Na lista, Eiffel e Buckminster Fuller, entre outros muitos artistas britânicos o inspiraram.

Adornos e acessórios com design contemporâneo de Tom Dixon

Sucesso

Com a icônica cadeira ‘S’, Tom fez um nome para si mesmo em 1989. A curvilínea, trançada e escultural cadeira foi para ele o primeiro passo no mundo do mobiliário de luxo italiano. A cadeira é parte da coleção permanente do MoMa, em Nova York. Já em 1990 foi Jack, uma cadeira de plástico luminoso, que foi muito bem recebida pela crítica. As luminárias ‘Mirror Ball’ e ‘Copper Shade’ se transformaram em best-sellers e, atualmente, você pode encontrá-las espalhadas pelos bares e hotéis mais modernos em todo o mundo.
Dixon é uma celebridade entre arquitetos, designers de interiores e entusiastas do universo do décor e foi além ao sensibilizar o público em geral através da sua linha de acessórios para casa.

Os icônicos móveis de design contemporâneo de Tom Dixon

Grandes projetos

Entre 1998 e 2008, Dixon atuou como Gerente de Design e Diretor Criativo na Habitat. No seu currículo, uma medalha por seus serviços de design no Palácio de Buckingham, o reconhecimento internacional, uma linha de adornos e acessórios assinada para Maison et Object, em Paris e finalmente ele entra na indústria da moda, com a sua colaboração com a Adidas. Por agora, Dixon está especialmente envolvido em grandes projetos – hotéis, restaurantes e sedes de grandes corporações, desde produções para Royal Academy of Arts, em Londres, até um clube moderno, em Tóquio.

Luminárias, mesas e cadeira com o design contemporâneo de Tom Dixon

Pensando grande

Dixon diz estar feliz com o seu lugar no MoMa, afinal o reconhecimento internacional sempre foi um dos seus principais objetivos. Ele projeta tudo: casas, linhas de roupa, acessórios, móveis e luminárias. No entanto, ele quer mais, como destacou recentemente em uma entrevista à revista holandesa Volkskrant Magazine. “Eletrônicos, telefones, carros – tudo é design. Vejo oportunidades em todos os lugares”.

Móveis com o design contemporâneo de Tom Dixon

Carolina Silveira

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora
Offline