Os novos jeitos de morar

Nossas experiências emocionais e relações sociais estão cada vez mais influenciando o modo como vemos e vivemos o lar, transformando os espaços em ambientes de expressão pessoal e comunhão, nos afastando de modismos passageiros e culminando nos conceitos do morar compartilhado, da unificação dos espaços, da valorização das memórias. Convidamos arquitetos de escritórios promissores de São Paulo a explicar melhor estas novas tendências de casa e decoração.

Novas tendências de casa e decoração

A natureza das memórias

Uma casa moderna celebra a diversidade e recebe de braços abertos múltiplas referências culturais, afinal este é um espaço que abriga pessoas diferentes com talentos e vivencias muito particulares. O resultado? Um décor exótico, muito mais emocional, pautado nas experiências individuais e coletivas que criam uma mistura harmônica e acolhedora.

O publicitário Ademir Viana comenta as novas tendências de casa e decoração

É o que evidencia o depoimento do publicitário Ademir Viana: “Fazem 3 anos que troquei Recife por São Paulo(…). Nesse processo dividi apartamento duas vezes, primeiro na Vila Mariana e agora no bairro da Bela Vista e dessas experiências tiro que morar com pessoas de diferentes personalidades é um aprendizado na vida. Que o gostoso nisso tudo não é nem o mapa astral, é quando se encontra gente do bem para se conviver, porque fica claro que casa não é apenas um lar, é também relacionamento, que em alguns casos vira até história de amor”.

Casa do publicitário Ademir Viana evidencia traços das novas tendências de casa e decoração

O compartilhar

Na casa contemporânea, os ambientes são planejados de modo a acolher toda a família e amigos, desde a escolha do mobiliário, sua organização, até como ele é aproveitado, como destaca a arquiteta do Estúdio Diagonal Arquitetura, Ana Daniela Pizzatto: “A nossa casa precisa refletir o tipo de vida que levamos. Algumas vezes precisamos trabalhar de casa e, ao mesmo tempo, olhar as crianças brincando ou fazendo a lição de casa; em outras, fazemos um jantar para amigos, enquanto tomamos um vinho e conversamos; e ainda em outras situações queremos nos isolar do mundo e ouvir nada, senão nossos pensamentos. A essência da arquitetura está na capacidade do profissional para captar estas necessidades tão particulares e concretizá-las com ambientes versáteis que as atendam”.

A arquiteta do Estúdio Diagonal Arquitetura, Ana Daniela Pizzatto comenta as novas tendências de casa e decoração
Espaços funcionais e integrados estão entre as novas tendências de casa e decoração

Espaços funcionais

As relações humanas desempenham um papel central nos novos jeitos de morar, sendo estimuladas através da unificação dos espaços de convivência, que passam a funcionar de forma mais orgânica, prática e colaborativa. De acordo com Thelma Cardoso, arquiteta do Estúdio Diagonal Arquitetura, “a cozinha integrada com sala de almoço, sala de estar e ainda, quando possível, área externa, já foi amplamente incorporada pelas famílias, principalmente as mais jovens. (…) Mudam as relações: os papéis não são fixos, mas intercambiáveis”

Thelma Cardoso, arquiteta do Estúdio Diagonal Arquitetura comenta as Novas tendências de casa e decoração

O sustentável

Nas chamadas “casas do futuro” o viver é sustentável, o indivíduo um consumidor muito mais consciente e a decoração, por sua vez, cada vez mais pautada na qualidade e durabilidade. Guiado pelo apelo e valor do que é pessoal, exclusivo e único, o design se aproxima cada vez mais do artesanal, dos materiais naturais e da ressignificação dos objetos.

Novas tendências de casa e decoração

O minimalismo seletivo

O caos da vida agitada fica da porta para fora. Saem os excessos e, dentro de casa, permanece a leveza do essencial. Mas o básico é também pessoal, selecionado com base no desejo e no conforto de quem lá vive. O design fica menos rebuscado, os traços (e a vida) mais simples. Segundo Ivo Magaldi, arquiteto e sócio do 23 SUL Arquitetura, “O desafio fundamental é dar contornos espaciais aos usos e desejos. Seja em casas ou apartamentos, residências grandes ou pequenas, como proprietário ou inquilino, o espaço da habitação será tanto mais interessante quanto maior for a compreensão das atividades ali abrigadas”.

Ivo Magaldi, arquiteto e sócio do 23 SUL Arquitetura comenta as Novas tendências de casa e decoração

Imagens: Westwing, Estúdio Diagonal Arquitetura © Nathalie Artaxo, 23 SUL Arquitetura e arquivo pessoal de Ademir Viana

Carolina Silveira

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora