Segredos de uma vida a dois ♥ Almas que se complementam

A varanda 11. A paixão imediata de um, o amor à segunda vista que nasceu no outro. As referências de Paraty. A aventura mútua na arte de garimpar. Os truques para ter uma atmosfera única. Os segredos de uma vida a dois. Entrar no apartamento de Juliano Reis e Roberto Magalhães é um convite para conhecer a convivência e o carinho de duas almas diferentes que se encontraram, se apaixonaram e se complementam.

Juliano Reis e Roberto Magalhães

O encontro

“Quando o vi tive a sensação de que ficaria com ele o resto da vida. Nunca tinha sentido isso”, conta Juliano ao relembrar o encontro há 11 anos, em uma festa. Ele tentou chamar a atenção, mas não estava funcionando. Foi só mais tarde naquela noite que Roberto colocou os óculos e finalmente percebeu o sorriso, olhar e charme de Juliano. Foi amor à primeira e à segunda vista.

Apartamento de casal em Rio Preto

Juliano trabalha com estética odontológica, enquanto Roberto é arquiteto. Os dois vivem em São José do Rio Preto e desde a festa nunca mais se separaram. Após um ano de relacionamento, resolveram morar juntos e já passaram por dois lugares até chegarem ao apartamento 11.

O apartamento

O teto rebaixado, a iluminação indireta, o som ambiente… Quando você entra no local a sensação imediata é de estar em uma casa completamente acolhedora. O imóvel adquirido há três anos é assinado por Roberto Magalhães, que concebeu tudo: da arquitetura aos detalhes.

Decoração contemporânea com arte urbana

A cozinha foi elaborada onde seria, originalmente, a área de serviço, a sala de jantar ganhou destaque e o living conta com muitos metros quadrados. Há uma delimitação clara entre os ambientes de convivência e os íntimos. “Esse prédio é para famílias de até cinco pessoas, mas adaptei para nossa realidade e mudei várias ideias no layout”, explica o arquiteto.

Cozinha moderna e sala integrada

Existem três elementos estruturais determinantes para a atmosfera da casa: o forro do teto com as vigas rebaixadas que dão um efeito de acolhimento, a parede deslocada para ressaltar o painel do artista plástico Junny KP! e a estante que divide as salas dos quartos.

Apartamento em Rio Preto Juliano Reis e Roberto Magalhães

“O painel era uma ideia provisória, não sabíamos como seria nossa convivência com ele, mas nunca deu vontade de tirar. A arte cria uma relação com a cidade, traz um tom urbano que tem tudo a ver com a gente.”

A suíte do casal e um quarto para cada um

Ao atravessarmos a estante nos deparamos com cômodos mais calmos e completamente pessoais. Além da suíte do casal, cada um tem seu quarto para fazer o que quiser: se exercitar, ler, estudar, trabalhar… O cantinho de Roberto é repleto de livros, memórias da juventude e seus equipamentos de yoga.

Quarto para yoga e livros

“Resolvi misturar o concreto com a madeira, encher o ambiente de livros e deixar um espaço para praticar o método Iyengar de yoga. Aqui vale ter um pouquinho de bagunça e lembranças, deixando as coisas do jeito que eu quiser”, conta o arquiteto.

No quarto ao lado Juliano estuda, trabalha, preserva sua coleção de carrinhos e guarda os tecidos que garimpa em viagens pelo mundo. O cômodo também serve para hospedar as visitas.

Juliano Reis e seu quarto de estudo

No espaço do casal, uma paleta suave para estimular o relaxamento. O destaque é a aquarela na cabeceira da cama, que foi pintada por Maria Helena Curti.

Quarto de casal branco

“A arte nasceu inspirada em uma foto que temos juntos. Quis dar para o Roberto como símbolo de dez anos da nossa união”, diz Juliano.

Quarto de casal gay
Banheiro de casal decoração contemporânea

Paixões, lembranças e garimpos

Juliano e Roberto adoram viajar pelo Brasil e o mundo. Em todos os lugares encontram antiguidades, peças de design e garimpos especiais que trazem para compor o próprio lar. Além disso, a decoração afetiva se manifesta com objetos envolventes que são herança de família. Veja algumas das histórias que nós amamos!

Cômoda antiga estilo clássico
Escultura de cerâmica do Luciano Almeida
Stitch Chair, de Adam Goodrum da Cappellini
Fotografia do museu de Guggenheim artista Rineke Dijkstra
Estante de madeira decorada

Deixamos dois ambientes mais do que especiais para o final. Um deles é o lavabo, repleto de referências criativas e inspirado em um hotel parisiense remodelado por Christian Lacroix.

Lavabo preto decoração clássica e industrial

Uma cabeça de cerâmica que Juliano fez durante uma aula, azulejos que remetem às estações de metrô de Nova York, livrinhos de viagem, contos eróticos e brincadeiras inusitadas tomam conta do local.

Agora, vamos para o ponto mais famoso da casa entre os amigos: a varanda, carinhosamente apelidada de varanda 11 pelo número do apartamento.

Varanda integrada à sala de estar

Como o casal é apaixonado por Paraty, trouxeram diversas referências do lugar. Uma delas é o piso Brennand em azul turquesa que mescla texturas lisas e rústicas. Ao fundo, um lindo quadro com vista de quem entra na cidade pelo porto.

Detalhes decorativos

Plantas, madeira e tons naturais transmitem bem-estar e convidam as visitas para relaxar. Muitas festinhas e encontros de amigos acontecem aqui!

Varanda decorada com plantas

Ontem, hoje e amanhã

Roberto gosta de trabalhar com o sinestésico e tem uma visão técnica, Juliano dá valor para os detalhes e busca explorar seu ladro criativo. Agora, estão juntos também à frente do escritório de arquitetura. “Com ele aprendi a gostar de arte e um dia resolvi assumir que não consigo fazer uma coisa só. Agora vou ajudá-lo na parte de design de interiores”, diz Juliano.

Juliano Reis e Roberto Magalhães apartamento

“O que mais gosto é da nossa complementariedade. É uma relação natural,
acontece sem esforço e a rotina é gostosa.”
Roberto para Juliano

“Você me traz serenidade, me dá equilíbrio.
Somos duas diferenças que realmente se completam.”
Juliano para Roberto

Em relação à casa, estão completamente felizes e sabem que ao longo das viagens e passeios encontrarão muitas novidades. Por enquanto, querem morar, viver e desfrutar o horizonte que os espera.

Decoração e história do apartamento de Juliano Reis e Roberto Magalhães

Fotos © Ricardo Milani

Priscila Silvério

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora