Vintage

Vintage

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraVintage

O que significa vintage para você? Em tempos passados, utilizava-se o termo vintage para fazer alusão às melhores colheitas de uva, que acarretavam na produção de vinhos refinados e envelhecidos. O conceito se estendeu a outros segmentos, inclusive ao design de interiores e moda, sendo caracterizado por peças criadas a partir da década de 1920 que ainda são referências estéticas e determinam tendências.

Os móveis vintage possuem um aspecto antigo por causa das marcas causadas pelo tempo e uso, como arranhões, cores desbotadas, pintura descascada e superfícies desgastadas. São cadeiras para cozinha com ar nostálgico, armários para TV que remontam à época de ouro da telinha, cadeiras de balanço que nos lembram nossas avós. Como essas marcas denunciam muito sobre a trajetória das peças e o Westwing está em constante missão de garimpar histórias para a sua casa, reunimos aqui, além de produtos vintage, algumas dicas de decoração inspiradoras. Confira!

Móveis vintage: encante-se com o passado

O vintage se difere do retrô porque corresponde a objetos antigos que resistiram às ações do tempo e continuam a preservar a qualidade e beleza ao longo das décadas, enquanto o retrô representa uma releitura de peças do passado, porém elaboradas atualmente.

Devido à crescente popularidade e demanda por móveis vintage, iniciou-se uma forte produção de artigos retrô, que são fiéis ao design da época. Para isso, a fabricação conta com o uso de materiais como madeira maciça e estofados de primeira linha.

Outra característica marcante é a exclusividade, já que a produção ocorria em uma escala menor. Em razão disto, muitos adeptos do vintage valorizam a aquisição de peças originais ao invés dos exemplares retrô, buscando por antiquários, lojas especializadas, casas de leilão e brechós. Na procura por um objeto específico, aconselha-se começar a pesquisa o mais rápido possível, já que as opções disponíveis diminuem de acordo com o tempo e possuem um preço maior do que os móveis projetados hoje, fator determinante para que os consumidores optem por réplicas.

Decoração vintage

As composições podem acontecer de maneira bem variada. Uma das possibilidades que deixam o ambiente cheio de personalidade é a mistura de peças vintage com uma decoração contemporânea. A combinação de móveis atuais e antigos oferece um toque original, já que os elementos se destacam e criam uma atmosfera inovadora.

Também é possível apostar no estilo clássico, com o devido cuidado para garantir harmonia entre os móveis e acessórios, além das cores e materiais. Lembre-se: o cômodo não pode ficar parecendo um museu! Outra dica: os tons usados nas paredes e no revestimento do piso devem ser mais neutros e sóbrios.

Acessórios Vintage

Porta-retratos, lâmpadas, cortinas, vasos de cristal, tricôs, adornos prateados, almofadas e mantas bordadas são acessórios vintage incríveis para deixar o ambiente acolhedor. Com seu encanto atemporal, é possível preencher cada cantinho da casa com aconchego e tradição — palavras de ordem do estilo vintage.

Estilo Vintage

Criando ambientes vintage

Quarto: pense em cômodas com pés curvilíneos, penteadeiras de ar provençal, papel de parede romântico, porta-retratos e espelhos com molduras barrocas e muita iluminação indireta. Caso deseje um estilo mais sessentinha, aposte em uma roupa de cama e tapetes com estampas geométricas, móveis de linhas retas e uma luminária tipo lava-lamp.

Cozinha: as lanchonetes norte-americanas dos anos 50 são a epítome do estilo vintage. Para uma volta grastonômica ao passado, é possível investir em revestimentos em tons pastel ou elementos op-art, como os azulejos ou pisos formando desenhos quadriculados em preto e branco. Porcelanas decoradas e pratos para cupcake com sinais de desgaste no esmalte completam a linha de acessórios para uma cozinha vintage.

Sala de estar: releituras de sofás, cadeiras e poltronas de grandes nomes do design modernista são peças que podem ajudar a compor um estilo vintage. Uma cristaleira e molduras de quadro desgastadas também trazem um ar nostálgico ao ambientes, que podem ser adornados com caixas de madeira estampadas, almofadas em crochê, além de um ventilador de pé ou aparelhos de som antigos, como a vitrola ou o gramofone.

Banheiro: nada remete tanto ao estilo vintage como uma banheira vitoriana. Além disso, revestimentos em combinações de cores e aplicações de papel de parede criam uma atmosfera relaxante quando combinados com espelhos imponentes e vasos de flor em cerâmica.

Varanda: lembre-se da casa de seus avós quando você era criança. Abuse de elementos naturais, cadeiras confortáveis, linhas retas, plantas e uma confortável rede – um paraíso vintage estará à sua disposição!

Próximas campanhas