Vaso Japonês

Vaso Japonês

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraVaso Japonês

A história da cerâmica japonesa é longa e de muito sucesso, podendo ser comparada à trajetória da China, país mais reconhecido pela qualidade de sua cerâmica e porcelana. Muito influenciados pelos artesãos chineses e coreanos, os japoneses se destacam por expressar a personalidade individual do artista, especialmente quando o assunto é vaso japonês, que adorna mesas e recebe arranjos de flores com elegância.

A negociação de porcelanas chinesas e japonesas teve início no início do século XVIII, sendo que as olarias provenientes desses países foram muito populares na França, transformando-se em símbolo de status para europeus que as exibiam em suas salas. Se o seu desejo é utilizar um vaso japonês na decoração da sua casa, o Westwing te ajuda a reconhecer um e combiná-lo com o seu estilo. Confira, a seguir, tudo o que preparamos sobre esse objeto tão lindo e singular.

Identificando um Vaso Japonês

A tarefa de identificar a cerâmica e a porcelana japonesa não é fácil, já que muitos fabricantes utilizam combinações de marcas semelhantes. Para se ter uma ideia, a empresa Noritake, por exemplo, usou mais de 400 marcas diferentes em sua história, subcontratando suas marcas para outros produtores em massa. Na hora de reconhecer um vaso japonês, portanto, submeta-o a um especialista, que avaliará seu estilo, decoração e tipo de esmalte.

Vaso Japonês

Como Incorporar um Vaso Japonês à Decoração

Um vaso japonês é uma relíquia que deve ganhar um local especial na sua casa. Por isso, colocá-lo sobre uma mesa de canto, de centro ou aparador dará um charme imenso à sua casa! Se seus móveis tiverem um tom mais sóbrio e contido, o vaso japonês será o responsável por adicionar cor e diversão ao ambiente. Investir nessa peça certamente é uma ótima pedida!

Diferença entre Vaso Japonês e Chinês

Os vasos japonês e chinês possuem características peculiares, que os transformam em peças únicas. Por isso, a seguir, listamos alguns aspectos que devem ser considerados na hora de optar por uma dessas peças:

  • Jantes e bordas: uma das formas mais corretas de distinguir um vaso japonês de um chinês é examinar bordas e jantes da peça. O estilo chinês conta com borda decorada na moda Ruyi – um colorido com cerca de uma polegada de largura. O estilo japonês, por outro lado, não tem uma fronteira tão elaborada, com padrão fino nas cores marrom avermelhado, verde ou azul.
  • Interior: No vaso chinês, a textura do interior é completamente lisa, ao passo que o vaso japonês oferece uma textura semelhante ao de uma casca de laranja. O interior do estilo chinês é quase sempre na cor turquesa, enquanto o vaso japonês usa azul marinho, amarelo escuro, cinza ou verde.
  • Pelagem: as porcelanas e cerâmicas do Japão e da China foram marcadas pelo artesão ou pelo distribuidor. Entretanto, há mais de 1.500 marcas conhecidas para identificar a porcelana chinesa, que tem tipicamente um número par de caracteres de cerca do mesmo tamanho. O vaso japonês é mais irregular, com números ímpares de personagens, geralmente de diferentes tamanhos e cores.

Ter um vaso japonês em casa é sinônimo de bom gosto e requinte. Por isso, escolha o que mais combina com a decoração da sua casa e inspire-se com a beleza oferecida pelos artistas da Ásia!

Próximas campanhas