Tecidos

Tecidos

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraTecidos

Cores vibrantes, floral e outras estampas divertidas em lã, seda, cetim, jeans ou veludo – existe uma imensa variedade de tecidos bonitos e encantadores que nem sequer podemos imaginar suas inúmeras variações. No entanto, devemos sempre estar atentos a essas inúmeras variações, de forma que possamos escolher os melhores modelos que podemos utilizar para decorar e transformar espaços e ambientes de nossa casa.

Seja com tecidos delicados, lisos e leves para dias quentes ou materiais macios e fofos para as épocas de frio, os tecidos são maravilhosos, pois com eles podemos ser muito criativos. Escolha os seus favoritos e revista a sua casa em tecidos fabulosos e convidativos.

Tipos de tecidos

Existe uma infinidade de tecidos diferentes que são caracterizados por seus diferentes aspectos. Acompanhe abaixo uma explicação detalhada sobre os tipos de tecido para que você possa ter uma melhor visão geral das múltiplas opções oferecidas.

Um dos tecidos mais conhecidos e famosos mundialmente é a lã. Sua popularidade é decorrente de sua origem como produto natural, já que a lã é um derivado dos pelos de ovelha ou carneiro. Mas não é somente por seu aspecto natural que a lã se destaca, mas também pela sua sensibilidade às cores e seu toque macio. Em casa, o uso deste material é particularmente apreciado em almofadas, cobertores, mantas e roupas de cama, por exemplo. As variações mais nobres da inclui o cashmere Merino, formado por fibras extremamente finas, tornando-se um dos tecidos mais desejados.

Outro tecido bastante popular é o linho. Assim como a lã, o linho é fabricado apartir de fibras naturais. Porém, o linho é um tecido cujas fibras têm origem vegetal, obtidas através da planta homônima. Materiais e roupas em linho são amplamente utilizadas durante o verão, especialmente devido ao fato de proporcionarem um agradável frescor. E não é só essa característica que torna o linho um material diferenciado, mas também sua excepcional resistência. Ele pode ser usados nos interiores como material para toalhas de mesa, roupa de cama ou panos de prato.

A seda é um dos produtos naturais mais nobres e elegantes existentes no mercado. A seda é um tecido muito confortável, obtido apartir dos casulos da largarta de diversos tipos de mariposas, também chamadas de bicho-da-seda. A seda possui não apenas um toque suave e maravilhoso, mas também um visual de primeira classe, sendo um material excelente para ornar travesseiros e mantas para sofás, cadeiras ou poltronas.

Um dos tecidos mais importantes é o algodão. Este material tem origem 100% vegetal e é obtido das fibras (pelos) que brotam das sementes da planta de algodão. De travesseiros, cobertores e toalhas de mesa até a cobertura de abajures, muitos produtos são fabricados com tecidos de algodão, sendo um dos tecidos mais importantes do qual dispomos.

Tecidos

Tecidos: criação e personalização

Tecidos nobres e bonitos são importantes e, de certa forma, cruciais para que o design de um objeto ou de um ambiente seja realmente nobre e interessante. Existem muitos tecidos que podem ser integrados aos interiores e nos móveis de área externa nas mais diversas formas. Os tecidos para cortinas, toalhas de mesa, capas para almofadas e mantas para sofá podem ser customizados. As formas e as cores nas quais os tecidos são escolhidos e utilizados depende exclusivamente do gosto de quem pretende modificar o design de sua sala de estar ou quarto, por exemplo.

Com tecidos de cores e formas diferentes você pode alcançar efeitos diversos, dependendo do material selecionado. A seda e o veludo conferem um efeito mais nobre e elegante do que os tecidos em lã, porém a lã e o algodão têm sua distintiva característica de conforto. A escolha dos materiais deve, portanto, corresponder às necessidades dos ambientes da casa.

Estilos e seus tecidos

Para a decoração e design de espaços residenciais, há diferentes estilos com os quais podemos integrar nossos ambientes. Com a ajuda de alguns tecidos, o estilo e o direcionamento do design dos interiores pode ser mais ou menos destacado.

Um exemplo que ilustra isso é a utilização do linho, um material leve que pode ser ideal para o estilo shabby chic, combinando também com o estilo country ou com um visual vintage. Não importa se o linho for utilizado em tecidos para roupa de cama, caminhos de mesa ou cortinas – suas características rústicas funcionam muito bem com esses três estilos de design e decoração.

Consiga a decoração dos sonhos com os tecidos certos. Seja com padronagem floral ou motivo liso, com cores chamativas ou tons pasteis, para uma área interna ou externa – inspire-se e transforme seus ambientes em espaços confortáveis e estilosos.

Próximas campanhas