Tecidos de Luxo

Tecidos de Luxo

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraTecidos de Luxo

Na hora de decorar a casa, o que não pode faltar é planejamento e criatividade. Os tecidos de luxo são bons aliados na hora de inovar ou reinventar espaços que estavam precisando de destaque. A versatilidade deste material permite que eles sejam aplicados em almofadas, estofados, na roupa de cama ou até mesmo nas paredes. Como toda peça de luxo, a utilização deste material garante um ambiente com requinte, exclusividade e inovação.

A seda, o jacquard, o linho e a caxemira são apenas alguns exemplos de tecidos de luxo, que cada vez mais ganham espaço nas casas. Na hora de escolher qual material será usado na decoração, é necessário levar em conta o estilo do ambiente, a utilização do espaço e os cuidados que os tecidos de luxo requerem. O Westwing, que é expert no mundo do décor, preparou um conteúdo especial para você se inspirar.

Tipos de Tecidos de Luxo

Muitos de nós sabemos quais são as marcas, peças e tecidos de luxo. Porém, talvez nunca tenhamos parado para pensar o porquê destes materiais serem tão valiosos. Na maioria das vezes, uma peça é considerada de luxo devido à dificuldade em produzi-la ou encontra-la, o que consequentemente eleva o preço. Os tecidos de luxo seguem a mesma lógica, quanto mais raros, trabalhosos e complexos, maior o preço e requinte. Alguns tecidos de luxo só podem receber tal nome se forem produzidos em um determinado lugar, já outros precisam seguir técnicas bem específicas que garantam o valor e reconhecimento.

  • Caxemira: Esta fibra é produzida com lã de cabras criadas no Tibet, na Mongólia e no Irã. Está no grupo dos tecidos de luxo por ser difícil obtê-lo, além de ter uma leveza única, com um toque macio e aspecto refinado.
  • Linho: Apesar de não ser tão raro, este é um dos tecidos de luxo cobiçado por muitos e que mais combina com as casas brasileiras. O linho é uma fibra resistente, confortável, macia e que seca rapidamente. Seu aspecto fresco combina com as casas em estilo praiano, tropical e descontraído.
  • Seda: Um dos tecidos de luxo mais clássicos, é uma fibra natural produzida pelo bicho da seda que tem como característica principal o brilho. Quente no inverno e fresca no verão, esta matéria-prima é apreciada há tempos, tendo sido o foco principal de rotas comerciais que ligavam a Europa ao Oriente.
  • Jacquard: Inventado na França, este é um dos tecidos de luxo mais custosos para serem feitos. Elaborado em teares, cada tecido apresenta um desenho único, com formas e figuras complexas, reconhecidas em todo o mundo.

Tecidos de Luxo na Decoração

Inserir tecidos de luxo na decoração da sua casa, não é uma tarefa complicada. Afinal, este material é versátil e pode ser aplicado em diferentes áreas e objetos. As salas e os quartos são os cômodos onde há mais receptividade para aplicação de tecidos de luxo. Nos ambientes sociais, itens como luminárias, cortinas, poltronas, sofás e almofadas podem ser transformados com os tecidos de luxo com padrões e estampas. Claro que tudo com muita sensibilidade e equilíbrio. Procure apostar em apenas uma peça, para dar valor ao tecido utilizado. Nos quartos, o ideal é utilizar tecidos de luxo mais neutros, sem cores fortes ou desenhos que possam tirar a tranquilidade que o ambiente pede.

O sucesso da utilização de tecidos de luxo na decoração depende do uso da criatividade com equilíbrio, pensando sempre na harmonia das cores e formas.

Próximas campanhas