Serra

Serra

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraSerra

Existe uma cultura, cada vez mais em expansão e difundida pelo mundo, que é aquela dedicada ao trabalho manual, na confecção das peças que elas costumam visualizar em formas e cores na mente, mas que não encontram em loja nenhuma. Nos Estados Unidos, conhece-se pela sigla DIY (“do it yourself”, ou, em uma tradução literal, “faça você mesmo”), e essa tendência personalizada já invadiu o Brasil há tempos. Mas todo bom artesão necessita dosa melhores equipamentos. Assim, entra em cena a serra.

Existem serras para todos os tipos de trabalhos e, quem trabalha com madeira, metais, plásticos e outros materiais que podem dar forma e acabamento às suas peças originais tem uma ou algumas serras, em sua casa, definitivamente. Por isso, o Westwing foi atrás dos primórdios da serra para entender melhor a sua concepção, tipos e utilidades. Confira, conosco, como revigorar a excelência da sua decoração utilizando a serra nos serviços!

Os Tipos de Serra

No geral, a serra é uma ferramenta multiuso composta, essencialmente, por uma folha de aço que possui, em um dos seus rebordos, recortes específicos. Esses recortes, bem como a inclinação dos dentes da ferramenta, são os responsáveis por tornar a ferramenta adequada para específicos tipos de trabalho. Quer decorar, reformar e reinventar o seu lar, mas não sabe qual ferramenta utilizar? Conheça, então, os diferentes tipos de serra:

  • Serra elétrica: no corte de madeira, essa ferramenta é amplamente recomendada, esteja você em um trabalho doméstico ou industrial.
  • Serra manual: em diferentes tamanhos e estilos, essa opção pode ser utilizada com uma mão – enquanto a outra mantém o material fixo para ser realizado o trabalho em segurança – e tende a ser a mais popular das serras pelo seu uso variado e doméstico.
  • Motosserra: à base de motores de combustão, a motosserra é utilizada para trabalhos pesados – a poda de árvores, inclusive.

Entre os tipos de lâminas comuns ao uso da serra podemos destacar a circular, a de recorte, a de corrente e a radial. As duas primeiras são trabalhadas com equipamentos que funcionam à base de energia elétrica e, por ter menos controle sobre elas, e muito mais atenção se exige no manuseio, é preciso tomar bastante cuidado ao trabalhar com as serras, em geral.

Cuidados ao Manusear a Serra

Antes de adquirir as serras necessárias e colocar as mãos na obra, é preciso se atentar a algumas dicas de segurança ao manusear essa ferramenta que, embora seja fácil de manejá-la, requer certos cuidados.

Verifique, primeiramente, se a instalação da serra foi feita corretamente, se todos os dispositivos de segurança estão funcionais, se a pessoa – capacitada, sempre – possui os equipamentos de segurança e se a serra e o item a ser trabalhado estão devidamente regulados.

Nunca utilize a serra em locais onde há um trânsito de pessoas constantemente. Procure um lugar longe de acidentes e calmo para que você possa fazer obas inspiradoras para a composição do seu lar. Dessa forma, a serra se torna uma das companhias ideais para dar vazão à sua criatividade!

Próximas campanhas