Serenata

Serenata

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraSerenata

A serenata é um tipo de música que abrange pequenos trechos de curta duração, que normalmente são cantados à noite, debaixo de uma janela para alguém especial como uma atitude pra lá de romântica. É o símbolo maior dos amantes, dos apaixonados, que com uma canção à beira da janela ou ao pé do ouvido de maneira moderna, expressam todo o seu amor para a amada cantando especialmente para ela uma bela melodia.

Momentos poéticos, líricos e românticos das décadas de 20 e 30, época em que era muito comum as serenatas à beira da janela voltam com toda a força como símbolo de romantismo e grande prova de amor entre os casais. Quer saber como surgiu a serenata? E como preparar uma serenata especial para o seu grande amor? Conheça no Westwing um pouco da história da serenata e como surpreender o seu amor.

A Origem da Serenata

No Brasil, a origem das serenatas (serestas) foi em 1717, quando o viajante francês Le Gentil de La Barbinais a trouxe consigo, mas as serenatas aparecem na história e nos livros desde 1505. Estas datas são de livros que contam o que seus autores viam, ou seja, a serenata já existia nessas datas.

A serenata surgiu justamente da mesma forma como Le Gentil e outros escritores descreviam. Os homens, saindo de suas festas e bebedeiras às altas horas, saiam cantarolando e tocando pelas ruas. Quando estavam apaixonados, paravam embaixo das janelas de suas amadas e declaravam o seu amor. Isso é um costume que veio dos ingleses, mas sem nenhuma data específica. Aqui no Brasil as belas serenatas chegaram antes mesmo dos lampiões a gás.

O Trovadorismo é a Inspiração da Serenata

Na Idade Média, com o Trovadorismo, já haviam os trovadores e menestréis que tinham o costume de entoar e cantar seus poemas com uma dedicação. Esse costume teve início na Península Ibérica (Portugal e Espanha). Seus cantos eram compostos por um repertório muito grande, sendo este dividido em quatro grupos.

Nesse período literário nem tudo era romance. Os quatro grupos citados acima eram divididos como cantigas de amigo, cantigas de amor, cantigas de escárnio e cantigas de maldizer. As cantigas de escárnio e maldizer tinham como principal intuito zombar, falar mal, fazer fofoca e intriga a respeito de outras pessoas, revelando seu nome ou não, às vezes com uma certa pitada de humor. Já as cantigas de amigo e amor eram mais sentimentais, sendo estas cantadas para seus amigos ou suas namoradas.

Com versos e rimas, essas cantigas eram ritmadas. Por isso tinham o nome de cantigas, por serem cantadas. As cantigas de amor e amigo eram cantadas principalmente para moças da corte e da nobreza. Com a chegada do Romantismo, as cantigas sofreram algumas alterações. Com o romantismo surgiu também a questão da boemia, o que levou à criação da serenata.

Como Fazer uma Serenata

Antigamente a serenata era composta pela pessoa que desejava se declarar. Essa pessoa cantava e, ao mesmo tempo, tocava um violão. Quando desejava maior liberdade de movimento ele tinha a companhia de amigos para que esses pudessem tocar os instrumentos.

Tinham também o hábito de pedir para outras pessoas tocarem e cantarem e a pessoa que desejava se declarar aparecia ao fim da serenata. Hoje em dia essa é a forma mais comum de ver uma serenata, mas ao invés de cantar por si só, você contrata esse serviço para que façam a declaração com a música escolhida e você aparece no fim, assinando a declaração.

5 Músicas para Serenata

Não sabe o que cantar para a pessoa amada e está em dúvida do que escolher? Para te inspirar e ajudar na escolha do som mais indicado para a ocasião selecionamos alguns clássicos da música para você! Confira e inspire-se com nossas dicas!

1 . Como é Grande o Meu Amor por Você – Roberto Carlos

Clássico do rei Roberto Carlos, esta música sempre marca presença entre as serenatas realizadas por apaixonados para seus amores. Por mais que o estilo musical de quem será homenageado com a serenata seja diferente, será difícil não se sentir especial ao ter essa música tocada para ele ou ela.

2. Fascinação – Elis Regina

Lançada na década de 70, esta música de Elis Regina é fortemente associada a serenatas feitas até hoje. Calma, romântica e delicada, a música é perfeita para marcar ainda mais a ocasião.

3 .Amor I Love You – Marisa Monte

Música dos anos 2000, Amor I Love You tornou-se um clássico entre os sons que falam de amor e pode perfeitamente fazer parte de uma serenata romântica.

4. Se eu Não te Amasse Tanto Assim – Ivete Sangalo

Um dos grandes sucessos de Ivete Sangalo é, ainda hoje, uma boa pedida para expressar todo o amor que sente e surpreender a pessoa amada com uma linda serenata.

5. Fico Assim sem Você – Claudinho & Bucheca / Adriana Calcanhoto

Gravada originalmente pela dupla Claudinho & Bucheca, a música Fico Assim sem Você tem uma versão mais delicada cantada por Adriana Calcanhoto. Simples e romântico, o som é uma ótima pedida para quem quer demonstrar todo o carinho que sente pela pessoa amada com uma linda serenata.

Você saber que alguém gosta de você é muito bom. Melhor ainda quando o sentimento vem com uma serenata.

Westwing: o Extraordinário Mundo da Sua Casa!

Próximas campanhas