Richard Rogers

Richard Rogers

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraRichard Rogers

Richard Rogers, ou Lorde Rogers de Riverside, como é conhecido, é um dos mais renomados e premiados arquitetos do mundo, com mais de quarenta anos de carreira. Seus principais projetos representam momentos importantes e decisivos na história da arquitetura contemporânea, já que o Centro Georges Pompidou, localizado em Paris e projetado em parceria com Renzo Piano, revolucionou os museus, transformando-os em locais de intercâmbio cultural e social.

O Lloyd´s of London, localizado na cidade de Londres, é outro marco no design do final do século XX e assegurou Richard Rogers na posição de mestre na arquitetura. Quer saber tudo sobre o estilo e as obras marcantes de Richard Rogers? O Westwing te conta tudo sobre esse ícone, nascido em Florença, na Itália e um dos arquitetos mais humanistas já conhecidos. Venha conosco e saiba mais sobre sua história e carreira.  

A Marca de Richard Rogers

Esse italiano, que estudou arquitetura em Londres, na Architectural Association, e, mais tarde, na Yale University, nos Estados Unidos, possui um olhar urbano e expansivo. É conselheiro de grupos para elaboração de leis e desenvolve projetos de vida urbana, acreditando na cidade como catalisador da transformação da sociedade. Por sua longa e inovativa carreira, Richard Rogers foi homenageado com o Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2007.

Obras Importantes de Richard Rogers

Além do Centro Georges Pompidou e do Lloyd’s of London, Richard Rogers também é o responsável pelo terminal do Aeroporto Internacional Barajas, em Madri, na Espanha. Nessa obra, ele demonstra uma interpretação única do Movimento Moderno, com foco na claridade e na transparência, integrando espaços públicos e privados.

Questões Urbanas: Foco de Richard Rogers

Esse arquiteto ganhou reconhecimento por sua participação em uma série de questões urbanas ao ser contratado pelo governo britânico para escrever o livro “Rumo a um renascimento urbano”. Sua participação ativa na política como membro da House of Lords também foi uma das conquistas desse profissional, cuja obra é associada ao movimento high-tech, como podemos conferir no Centro Pompido, com destaque para a lógica estrutural, a disposição interior e as redes de distribuição.

Richard Rogers combina seu amor pela arquitetura com um profundo conhecimento de materiais e técnicas. Sua fascinação pela tecnologia demonstra o programa de um edifício e uma forma de fazer arquitetura mais produtiva. Esse arquiteto é um defensor da sustentabilidade.

A Sede do Lloyd’s de Richard Rogers

Esse local é um dos mais belos já criados por Richard Rogers, pois junta, em um mesmo desenho, técnicas heterogêneas, onde a cobertura em concreto armado organiza a sobreposição dos espaços dos escritórios. Neste projeto de Richard Rogers, sua sutileza está em integrar, em uma mesma identidade processual, as redes e os dispositivos interiores e exteriores.

Para quem gosta de arquitetura e se interessa pelo estilo de profissionais, Richard Rogers é um nome que não pode passar despercebido. Suas obras e sua visão humanitária da ocupação dos espaços permitem que a arquitetura seja vista como um elemento de integração de pessoas e contemplação do mundo. Vale a pena conhecer suas obras!

Próximas campanhas