Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraRelógio Cuco

O tempo está em tudo, mesmo embora a necessidade de contar o tempo seja uma necessidade milenar necessariamente humana, surgida a partir das nossas necessidades mortais, como, por exemplo, a época ideal para plantar e, também, para colher alimentos; para contar o ciclo de luas e os respectivos períodos de marés; e, até, para sabermos onde estivemos, quem fomos, para onde vamos, como vamos etc.

Mesmo as necessidades mais básicas podem ser praticadas com um tanto de capricho e esmero. É o caso do relógio cuco, que o Westwing se atenta às suas origens e utilidades, neste especial. Trata-se de um produto datado de meados do século XVIII, mas cujo propósito é, ironicamente, incrivelmente atemporal, seja para compor a decoração do lar ou para emitir sonoros avisos de que estamos adiantados ou atrasados para os compromissos do dia a dia. Inspire-se na elegância pontual de um relógio cuco conosco!

A Origem do Relógio Cuco

As regiões mais frias da Alemanha foram o berço para os primeiros relógios no país, mais especificamente, na região montanhosa conhecida como Floresta Negra, durante o século XVII, onde artesãos passavam os rigorosos invernos abrigados sob um caloroso teto, trabalhando em seus ofícios, para levar as novidades que criavam para o resto da Europa, além da Ásia e da América, nos curtos verões europeus.

O relógio cuco, no entanto, só chegou no século seguinte, a partir da ideia do artesão Franz Anton Ketterer, que adaptou dois foles ao rústico relógio e assim, trouxe sonoridade à pontualidade – ou falta dela – aos consumidores.

O Relógio Cuco na Decoração

Por ser uma peça artesanal, o relógio cuco trouxe uma série de itens personalizáveis para expor o seu cântico característico a cada hora, como animais domésticos, figuras regionais e, claro, o próprio pássaro que deu toda origem à história do relógio cuco.

Esculturado em madeira – carvalho, principalmente –, o relógio cuco traz elegância e rusticidade à decoração, mesmo que seja possível personalizar o produto e dar um tom mais despojado ao relógio cuco, aliando à sua decoração moderna, por exemplo.

No geral, o relógio cuco traz um fardo histórico e tão autêntico que é difícil dissociá-lo da sua essência natural. Na decoração do lar, o relógio pode ser o foco da sua sala de estar, por exemplo, ou ainda ser a peça decorativa principal do corredor da casa – sempre valorizando o trabalho artesanal e a relação com a natureza, que são indissociáveis ao relógio cuco.

Valorize a decoração artesanal e invista a pontualidade da sua decoração com um relógio cuco!

Westwing: O Extraordinário Mundo da Sua Casa!

Próximas campanhas