Quadro Verde

Quadro Verde

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraQuadro Verde

À primeira impressão, ele pode soar como uma lousa, daquelas escolares também chamadas de quadro negro, ou até como uma simples pintura verde emoldurada. Mas, hoje, o quadro verde aqui abordado não é uma coisa, nem outra! O outro significado para esse item é de um quadro com plantas naturais ao invés de figuras, parecido com um jardim vertical e usado como um recurso paisagístico que traz a natureza para dentro de casa e ainda decora com estilo e beleza.

Também conhecido como quadro vivo, o quadro verde é móvel, fácil de ser instalado e composto por diferentes arranjos, todos encaixados em uma moldura vedada no lugar da terra. Tanto em espaços internos como externos, ter um quadro verde é uma forma de cultivo prática e esteticamente agradável, já que além de lindo, nos aproxima de espécies antes vistas somente em jardins exteriores. Siga as dicas do Westwing e conte com um quadro verde sofisticado e bem cuidado!

MODELOS E PLANTAS DE UM QUADRO VERDE

Independentemente do local onde o quadro verde será instalado, é importante saber que o ambiente deve ser coberto. Além disso, os tamanhos das estruturas seguem um padrão: retangulares ou quadradas, elas podem ser dispostas horizontal ou verticalmente, sendo que seu comprimento geralmente segue a medida de 1m ou 1,40m e a largura varia entre 60 cm, 90 cm e 1m. Já os tipos de moldura dão um toque de charme; existem com acabamentos mais simples, de madeira carvalho ou nogueira, ou mais requintados, em acrílico colorido.

Os modelos de quadro verde são divididos em dois tipos de rega: a manual e a automática, ambas com reservatório no próprio painel. Na primeira, ele exerce a função de coletor de água contra vazamentos ou umidade em excesso e é acompanhado por um regador. Na segunda rega, o reservatório distribui a água pelas plantas de maneira uniforme e na quantidade necessária.

Quanto às plantas, as folhagens se encaixam com perfeição em todos os modelos de quadro verde. Peperômia, bromélia, samambaia, suculenta, asplênio, cissus, antúrio, columeia peixinho e todas as espécies de rhipsalis são as mais indicadas, não só pelo belo formato pendente – detalhe que ajuda a camuflar a moldura –, mas por se adaptarem mais facilmente a áreas internas ou externas.

O QUADRO VERDE NA DECORAÇÃO

Para ter um quadro vivo em casa não é preciso muito. Dois furos na parede, buchas e parafusos bastam, exatamente como feito com um quadro comum. A recomendação principal é quanto à escolha das plantas, que devem ter a mesma frequência e quantidade de irrigação, bem como as mesmas características climáticas. Sobre os ambientes, o quadro verde pode fazer parte de salas, quartos, corredores, banheiros, varandas, terraços e áreas de lazer como um elemento decorativo cheio de elegância e encanto. Experimente decorar sua sala de jantar com um quadro verde de acrílico preto, por exemplo, ou a mesa de centro da sala de estar com um miniquadro verde de madeira, como um porta-retrato, e você se surpreenderá com o resultado!

Próximas campanhas