Mini Jardim Japonês

Mini Jardim Japonês

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraMini Jardim Japonês

A cultura japonesa, bem como sua decoração e adereços, é extremamente rica e cheia de detalhes delicados, em que trabalhos manuais primorosos, técnicas artesanais e processos milenares transmitem a paz e o equilíbrio orientais. Um desses preciosos trabalhos pode ser demonstrado com o mini jardim japonês, também conhecido como mini jardim zen ou Tsubo Niwa, uma forma antiga e graciosa de nos aproximar da natureza e de adaptar jardins comuns a espaços reduzidos.

O mini jardim japonês é proveniente da metade do século I d.C., tendo sido disseminado anos mais tarde para o Ocidente e encantando todo o mundo até hoje. O objetivo dos japoneses com um mini jardim japonês é reproduzir em miniatura paisagens reais do país. E não pense que somente eles conseguem fazer isso! O Westwing também aprendeu as técnicas de um legítimo mini jardim japonês. Aprenda com nossas dicas e garanta agora o seu em casa!

Características do mini jardim japonês

Um dos principais atributos da concepção de um mini jardim japonês é sua capacidade de proporcionar prazer a quem o cria, assim como com o resultado que ele possibilita: o minimalismo de suas formas e o trabalho delicado nele aplicado causam uma paz profunda, além de oferecerem ao ambiente um extremo relaxamento, harmonia e serenidade. Não é à toa que ele chegou a ser usado no Japão Feudal, durante o século XII, como forma de meditação e descanso!

Outra característica bastante peculiar do mini jardim japonês é a forma simples com que é constituído, com especial prioridade a pouca vegetação e pedras dispostas sobre uma base específica de areia ou cascalho. A ideia de um mini jardim japonês não é impressionar por seu tamanho ou ostentação, pelo contrário, o objetivo é chamar a atenção por suas formas puras, traços delicados e detalhes cuidadosamente trabalhados.

Como montar um mini jardim janponês

A princípio, é necessário definir o espaço que o seu mini jardim japonês ocupará; ele pode tanto ser menor que os jardins comuns para ocupar a área interna da casa, bem como ser feito em miniatura, com um mini jardim em vaso. Em geral, os materiais mais apropriados para a criação de um mini jardim japonês são areia, pedras, gravilhas, ancinho e uma caixa de madeira. A finalidade é representar o mundo e o mar com a areia, enquanto seus elementos como ilhas e rochas são simulados pelos demais componentes.

Sobre a areia, espalhe as pedras e gravilhas, mas em pequenas quantidades para não poluir o mini jardim japonês. Com o ancinho, faça movimentos na areia, em torno das pedras e demais objetos; segundo a tradição japonesa, quando circulares eles representam o agito da água e seu contato com as rochas e, quando retos, simbolizam o fluxo e movimento da vida, além de tranquilidade e mansidão.

O décor com um mini jardim japonês

O mini jardim japonês pode servir como um lindo adorno para a decoração de qualquer ambiente do lar, assim como ajudar a compor o paisagismo e servir como a alternativa ideal para a jardinagem interna, figurando na composição de um jardim de inverno ou pequeno canteiro, por exemplo, seja na varanda, sacada ou canto da sala.

Se o desejo é ter uma miniatura de jardim japonês, uma ótima opção é montar o mini jardim japonês dispondo o modelo tradicional já citado dentro de um aquário ou pote de vidro transparente. Quer dar ainda mais charme e serenidade ao seu mini jardim zen? Então, inclua uma fonte, seixos coloridos, pedra-terrário, flores e plantas como suculentas, bambu da sorte ou mini arbusto.

Próximas campanhas