Kinfolk Style: simplicidade é tendência

Você já ouviu falar sobre o estilo Kinfolk? Tendo como maior vertente o minimalismo, o lifestyle acredita em um jeito simples de decorar, morar e viver. A Revista Westwing foi atrás do conceito e explica melhor para você o que essa nova tendência carrega.

Kinfolk Style

Conceito básico

Vivemos em um mundo cada vez mais apressado, complexo e conturbado. Isso estimula a necessidade de parar, refletir e voltar a buscar o valor das coisas mais simples. É ai que entra o conceito do Kinfolk, inspirado no estilo de vida Amish e no movimento Slow Living. Ambos valorizam o retorno às nossas raizes, o respeito à natureza e a procura por um ritmo mais tranquilo.

Concentrando-se apenas no que é essencial, o lifestyle serve como um contraponto de tudo o que nos acostumamos a viver, como junk food e o consumismo excessivo.

Detalhes Kinfolk

Referências de revista

Esta tendência fez a revista norte-americana de mesmo nome fazer muito sucesso. O conteúdo, voltado à vida e à cozinha. ganhou notoriedade através da organização de oficinas de culinária em todo o mundo. Com base em alimentos orgânicos e saudáveis, essas atividades estimulam o convívio, reunindo todos em torno de uma grande mesa para partilhar a refeição.

Kinfolk na decoração

No décor, o estilo recolhe detalhes encontrados no escandinavo, boho, vintage, rústico e até mesmo industrial. A ideia é misturar diferentes gêneros, padrões gráficos, cores e materiais para um resultado minimalista, contemporâneo e acolhedor. Às vezes hippie chic, às vezes industrial, o Kinfolk consegue se adaptar desde uma casa de campo a um típico loft em Nova York.

Que tal algumas dicas para se inspirar? Confira!

Decoração kinfolk

Plantas: reconecte-se com a natureza e admire a beleza das plantas. Invista na tendência Urban Garden e crie pequenos pedacinhos de jardim em todos os espaços da casa. Coloque um belo cactos em um móvel de destaque, uma única flor em uma garrafa de vidro reciclada ou charmosas suculentas penduradas em macramês. Uma outra ideia é apostar em uma hortinha na varanda.

Plantas no estilo Kinfolk

Matéria-prima: para apostar no estilo, é preciso mergulhar na essência das matérias-primas. A madeira deve estar em todos os lugares, desde móveis com pátina, raízes como base de mesas ou no piso. As linhas são simples e as texturas também se destacam. Fibras naturais, pedras e tecidos de algodão não podem faltar.

Trabalho artesanal: o décor precisa ser único, autêntico e pessoal. Isso significa que objetos antigos, mobílias industriais e peças recicladas podem conversar facilmente no mesmo espaço.

Mesa Kinfolk

Estampas étnicas: para complementar, entram as padronagens étnicas entre as almofadas e qualquer tecelagem feita para enfeitar as paredes.

Cores: como no universo escandinavo, o branco domina as paredes para um efeito simples e luminoso. O restante da paleta apresenta cores suaves como o cinza, cru, verde e tons terrosos.

Bianca Machado

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora