Apartamento dos anos 70 com clima de Nova York

Um jovem casal queria reformar seu apartamento em São Paulo. Eles procuraram o arquiteto e designer Guilherme Torres com uma ideia na cabeça: revestir o local com concreto e madeira de demolição. A partir daí iniciou-se uma obra que atualizou o imóvel.

Apartamento clima de Nova York. Guilherme Torres.

Construído nos anos 70, o espaço de 216m² é muito tradicional. “É um clássico apartamento dos Jardins, com uma área generosa. Demos uma remoçada nele, buscando um clima nova-iorquino”, diz Torres.

Soluções para integrar ambientes projeto de apartamento.

Ao entrar na casa nos deparamos com um eixo ordenador que lembra um container. A caixa forrada com faixas de fórmica branca esconde as portas do hall do elevador e, ao mesmo tempo, conduz aos quartos. Foi uma solução para tirar a aparência de hall e interligar os ambientes.

Estilo contemporâneo. Concreto e madeira de demolição.

Perfil contemporâneo

A sala é ampla e conta com uma distribuição inteligente dos espaços. Uma das boas ideias foi usar o sofá modular, que volta-se tanto para o ambiente de estar quanto para a TV.

Sala apartamento moderno e contemporâneo.

Perto da janela encontramos uma mesa com design de Torres que serve como bar e home office. Ao lado, o biombo de madeira vintage dá privacidade e cria um lindo efeito de luz e sobra. A peça, juntamente com o móvel de rattan, geram um contraste com os móveis contemporâneos, mantendo a harmonia estética.

Biombo, móvel de rattan e mesa de Guilherme Torres.
Estilo contemporâneo na decoração clima Nova York.

Outro recurso utilizado foi a uniformidade, alcançada pelo arquiteto ao usar os mesmos revestimentos em todos os cômodos. Assim, o desejo dos moradores foi atendido ao terem o piso de madeira de demolição e as paredes em cimento.

Sala de jantar e cozinha integradas.

Cores e peças de destaque

Nas paredes os tons de cinza criam a atmosfera monocromática, que é quebrada pela cor do sofá em rosa e vinho. Os outros móveis chegam em uma paleta suave para manter a proposta neutra.

Sofá roxo. Arte contemporânea. Sofá em L.

Na sala de jantar, a mesa laca também é assinada pelo arquiteto, enquanto o lustre Dear Ingo é de Ron Gilad para a Moooi. Na parte de trás da bancada com cooktop encontramos a mesma madeira do piso revestindo os armários. A ideia era produzir um local para recepcionar os amigos. “Pensando nisso, fiz a cozinha integrada à sala de jantar, mas usei uma parte da área de serviço original para criar outra de apoio, perfeita ao dia a dia”, explica o designer.

Lustre Dear Ingo de Ron Gilad para a Moooi. Bancada cozinha. Estilo contemporâneo.

No final de tudo, o resultado é uma decoração com estilo contemporâneo e inspirador. O apartamento se tornou um marco para a nova família, que depois da reforma já se mudou com um bebê. “Entreguei apenas uma base e uma fórmula, agora eles vão acrescentar vivência à casa nova”, conclui Torres.

Estilo contemporâneo apartamento anos 70 estilo Nova York.

Priscila Silvério

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora