Delia Fischer

É como se fosse para a toca de um coelho: primeiro cai e, de repente, entra em um mundo encantado. É assim que você se sente ao pisar no apartamento de Delia Fischer, fundadora e idealizadora do Westwing na Alemanha. Sua casa em Munique traz a combinação do glamour cool e a elegância feminina, além de um toque de excentricidade. O resultado? Uma mistura interessante de diversos estilos!

Delia

 O segredo é simetria

Na sala de estar encontramos tons leves e nuances da cor creme, assim como uma dose de delicadeza e off-white. Para as paredes, um azul que passa a sensação de calmaria. Apesar de tudo, não há monotonia com as almofadas rosas, a mistura de materiais e o tapete em formato de vaca.

tapete

Para complementar o sofá de cor clara, colocou duas cadeiras compradas em um antiquário e reformadas com um tom de azul suave. Além disso, um espelho com forma de sol sustenta a decoração. Ela aconselha: “Simetria é o que equilibra o cômodo imediatamente, já que o olho humano percebe composições simétricas como certas e harmoniosas”. O visual mais luxuoso e fino aparece nas mesinhas de vidro com pés dourados. As cortinas em azul escuro são feitas de suede e chegam até o chão. “Cortinas curtas ou bem na altura do chão não são legais, me lembram calças curtas”, ri Delia.

copos

“Dependendo da estação, eu mudo as minhas capas de almofadas. Para a primavera/verão gosto de cores fortes, como um rosa pink, que é uma tendência atual. Já no outono e inverno, eu as troco por capas mais suaves, como azul claro e cinza. Desta maneira, minha casa sempre parece diferente, não fica tediosa”.

Inverno

Para gerar mais charme, organizou flores, livros e lanternas no parapeito da janela. “Quem tem janelas fundas, pode aproveitar esta vantagem. Elas deixam a casa muito mais bonita. No Natal, por exemplo, até coloquei uma pequena árvore no parapeito”, indica.

janela

Referências e detalhes

Imagens, livros de arte e inúmeras revistas estão distribuídos em baixo da mesinha de café, no pufe e em mesas laterais próximas ao sofá. “Eu leio sempre… Livros, jornais, revistas, sites. Tudo é interessante para mim e essencial ao meu trabalho”. Logo ao lado da sala, nos encantamos com a mesa de madeira em laca e as cadeiras pretas. O conjunto oferece um conceito sofisticado, enquanto as fotografias são famosas e trazem ícones do passado.

mesa

O buffet acompanha um estilo shabby chic que é contrastado com taças de cristal, artigos em porcelana e vidro preto fosco, um conceito que ela desenvolveu com a experiência do Westwing. “Há um ou dois anos, gostava de esmaltes e carros foscos e isso acabou virando uma tendência que apliquei na decoração. Então pensei, por que não levar a ideia até a minha casa?”

Taças

No lado contrário ao do sofá, o espírito de décadas anteriores ganha vida novamente: Roger Moore fica lado ao Mick Jagger e Brigitte Bardot, que disputam a atenção com Jane Birkin. Esta coleção de fotos em preto e branco das maiores estrelas da música e cinema fica acima do buffet, que ela carinhosamente apelida de “Parede da fama”. Aqui a simetria também está presente: as fotografias (seis imagens em duas fileiras de três), além de duas lâmpadas idênticas ficam dispostas de um modo sutil.

Imagens

Fotos, souvenirs, velas, livros e flores ajudam a complementar a decoração. “Adoro flores frescas em casa. O espaço pode ser bonito, mas as flores deixam tudo mais vivo”.

elefante

Contrastes e equilíbrios

Diferente da sala, o quarto é composto por cores extravagantes. Delia projetou o cômodo com um closet separado. A primeira coisa que você vai reparar é o papel de parede com textura de crocodilo na cor fúcsia. “Está aí faz muito tempo e já foi considerado fora de moda. No entanto, depois de algum tempo, vira tendência novamente”, conta. Equilibrou a proposta acolhendo tons mais leves na parede oposta. Acima da cama está Dovima, uma renomada modelo dos anos 50, entre dois elefantes — uma das fotografias mais famosas de Richard Avedon. “É uma grande peça para mim, não apenas porque eu amo fotografias antigas e elefantes, mas porque uma amiga trouxe dos Estados Unidos.”

cama

Outro contraste charmoso no ambiente: a cama box branca combina com o tapete preto, enquanto a penteadeira vintage pertencia à sua avó. Delia repintou e a colocou em um lugar apropriado: “Peças vintage funcionam perfeitamente em um ambiente moderno, dando mais individualidade para o espaço. Em todos os cômodos, eu tento integrar algo assim”.

closet

No banheiro, evidencia seu lado feminino em tons de lavanda e branco. O espelho redondo é um ótimo contraste com o papel de parede. Mais uma vez ela aproveita as janelas fundas para levar um toque criativo ao cômodo com uma caixa de sabonetes, difusores e flores.

Banheiro

Para o corredor, escolheu outro revestimento especial em azul e cinza, relembrando os círculos dos anos 60. O complemento é o gaveteiro moderno, que arremata o décor. “Decore até as menores áreas do apartamento, mas apenas se for condizente com as proporções e os elementos do local.” Ela organiza as fotografias, uma bailarina de porcelana e lanternas em prata, conferindo um charmoso ar de glamour ao cantinho.

Com fortes influências femininas, Delia decora sua casa de um jeito “menininha, cool e confiante”. Ela mostra que você pode utilizar diferentes cores, materiais, móveis vintage e peças contemporâneas, pois juntos criam uma estética super estilosa. “Adoro aproveitar o tempo em meu apartamento, posso realizar novas criações e renovar sempre”, finaliza Delia durante a sessão de fotos.

Priscila Silvério

Já conhece o nosso App?

Baixe agora
Baixe agora