Lajota

Lajota

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraLajota

Existem hoje no mercado uma variedade de pisos e revestimentos que podem ser usados nos mais diversos ambientes internos e externos - a lajota é um deles. Na hora de construir ou reformar, essa infinidade de materiais disponíveis pode gerar muitas dúvidas. Afinal, quais as vantagens e desvantagens de cada revestimento? E, ainda, qual é o revestimento a ser usado em cada caso?

Pensando nessas dúvidas que surgem na hora de comprar materiais de acabamento, o Westwing preparou um conteúdo especial sobre as lajotas, um tipo muito tradicional de revestimento para pisos e paredes. Feitas a partir de diferentes tipos de pedras, as lajotas são encontradas em placas planas - o que as diferencia das pedras que são vendidas em cubos ou paralelepípedos. Como toda matéria prima natural, a lajota tem uma beleza única e encanta pela facilidade de limpar e manter. Inspire-se com o Westwing e conheça as vantagens das lajotas!

Pedras naturais

As lajotas são feitas a partir de diferentes minerais naturais. Por isso, elas trazem toda a beleza da natureza para a sua decoração e ainda têm a vantagem de terem alta durabilidade e baixo custo de manutenção – uma dupla que agrada muito na hora de planejar uma obra!

Diferentes tipos de lajota

As lajotas podem ser divididas de acordo com as propriedades minerais de cada matéria prima utilizada para a fabricação das placas. Cada uma é indicada para um tipo distinto de uso.

As lajotas feitas a partir de minerais duros, como o granito, a ardósia e o mármore, são o tipo mais resistente à ação do tempo e também são aquelas que suportam mais peso. Resistentes e duráveis, elas podem ser utilizadas para as mais diversas finalidades, como o revestimento de garagens, áreas de lazer e até para o uso em calçadas e áreas públicas. Algumas lajotas de minerais duros também podem ser impermeáveis.

Já as lajotas fabricadas a partir de minerais suaves são mais porosas e, por isso, são contra indicadas para uso em locais onde é preciso ter resistência à água. Escadas ao ar livre, por exemplo, devem ser revestidas com lajotas de minerais duros. As lajotas de minerais suaves também são mais frágeis e podem rachar com facilidade, pois não têm tanta resistência a peso.

Versatilidade

É possível encontrar lajotas dos mais diferentes tipos de pedra. Afinal, qualquer pedra natural que possa ser facilmente cortada em placas planas pode ser utilizada para fazer uma lajota. Por isso, é fácil encontrar uma lajota que atenda às suas necessidades quando o assunto é fazer o revestimento da área externa da casa e do jardim. Duráveis e de baixa manutenção, as lajotas são perfeitas para compor a decoração de áreas externas, bem como revestir pisos no entorno da piscina, pisos de garagem e escadas ao ar livre.

Cuidados de limpeza

Para manter o revestimento de lajota sempre bonito e bem cuidado, basta limpar com uma solução de água e sabão neutro, que removerá as manchas e a poeira. Espere secar naturalmente.

Se quiser dar mais brilho ao piso de lajota, passe uma cera incolor ou que tenha o mesmo tom da lajota. Depois de duas horas, lustre o piso usando uma enceradeira. Com esses cuidados, a sua lajota vai ficar bonita e brilhante por mais tempo!

Próximas campanhas