Kátia Barros

Kátia Barros e o Visual Tropical da Carioca

 

A primeira parte da vida de Kátia Barros poderia ser descrita e confundida com outras várias histórias de outros tantos brasileiros. Já a segunda parte da vida de Kátia Barros, poucos são aqueles que podem ter tanto motivo para sorrir e para se orgulhar de si. Em um mix de cores vivas, coragem, perseverança e visão, Kátia Barros hoje é o nome que está por detrás da FARM – a marca que ganhou o coração da mulher brasileira.

Kátia Barros é um exemplo de que com perseverança na medida certa, confiança no próprio potencial, muita racionalidade e pés no chão atrelados a um sonho totalmente alcançável, é possível inspirar uma geração de mulheres e pessoas que admiram um trabalho feito com tanto carinho. No Westwing você encontrará não só dicas para sua decoração e tendências, mas também exemplos de vida que podem mudar a sua. Confira e inspire-se conosco!

O Inicio de Kátia Barros

Kátia Barros, filha única e com mãe advogada e pai empresário, teve uma infância bastante comum para a época, até onde se sabe. Estudou num bom colégio, passou um ano nos EUA por intercâmbio aos 17 anos e, seguindo um conselho comum na época, Kátia Barros fez um teste vocacional. Seu resultado caiu em Moda e Ciências Contábeis, porém como não havia ainda um curso universitário de Moda, rumou para a economia.

O gosto por moda talvez venha como herança de uma avó paterna que construía roupas para ela, que não conseguia, enquanto no ramo da contabilidade, olhar para o escritório e identificar um elemento que tinha a ver com ela. Assim Kátia Barros resolveu abandonar o emprego muito bem remunerado e enveredar para uma atividade diferente!

Kátia Barros e o Tropicalismo

Kátia Barros Antes da FARM

Talvez Kátia Barros fosse uma mulher com seu brilho e personalidade – como todas as mulheres são – e no ambiente do Rio de Janeiro, continuasse a ser a cientista contábil de sucesso, formada com louvor pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. No entanto, as cores que via de sua janela não pareciam ser suficientes para gerar sorrisos completos e, nestas condições, resolveu mudar completamente os rumos de seu destino.

Kátia Barros decidiu que não mais trabalharia com auditorias em empresas e que viveria de uma franquia da grife paulista chamada Mercearia. Assim se programou e abriu tal franquia no Shopping Iguatemi, na Vila Isabel – porém nem tudo foi como planejado. Esta loja não foi o sucesso que esperavam, mesmo com todo o suor e trabalho dedicado e acabou falindo.

Kátia Barros e a FARM

A FARM começa a partir de uma barraca na Babilônia Feira Hype, do Rio de Janeiro. Essa foi responsável pelo começo do seu sucesso como empreendedora e estilista. Num espaço limitadíssimo e com um investimento de mil e duzentos reais, Kátia Barros montou o pequeno negócio que deu origem ao império que possui hoje: trinta e cinco lojas espalhadas em todo o Brasil.

Não foram necessários anos a fio de trabalho na Babilônia Feira Hype para que a primeira loja de Kátia Barros tomasse forma. Possuindo uma identidade visual de muita força, a FARM cresceu e a loja foi gerada depois de dois anos. As estampas, desde sempre, foram o chamariz da marca, que desenvolveu peças inspiradas no lifestyle carioca: roupas despojadas, que lembram férias e um fim de semana alegre. De lá pra cá, o crescimento foi ligeiro e não parou mais.

Hoje a grife tem a Fábula – linha infantil de grande personalidade, a linha casa e algumas parcerias com grandes empresas, como a Havaianas e Converse. Desta forma, a FARM e Kátia Barros são um sucesso incontestável, que traz a essência genuinamente brasileira a uma história brasileira também: superação, criatividade e muita inspiração.

Kátia Barros e Folhagens na Mesa

Estas ofertas começam hoje

Próximas campanhas