Incenso Indiano

Incenso Indiano

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraIncenso Indiano

A Índia é um país com uma cultura riquíssima e repleto de curiosidades. Vários dos hábitos cultivados até hoje são realizados desde muitos anos atrás, já que seu povo é bastante arraigado às tradições. Um desses costumes que não “saiu de moda” é o uso do incenso indiano. É através dele que se consegue elevar a espiritualidade, espalhar boas energias pelo ar e, ainda, deixar um delicioso aroma circulando pelo ambiente.

Sendo assim, que tal trazer essa tradição do oriente para o ocidente e fazer do incenso indiano algo pertencente ao seu cotidiano? Nesta página, o Westwing separou uma série de dicas e informações sobre o incenso indiano, quais são os aromas mais usados e os significados que eles carregam consigo. Então, basta continuar a leitura, relaxar e aproveitar todos os aspectos positivos que esse produto pode proporcionar a você a seu lar.

A História do Incenso Indiano

A história dos incensos é bastante plural e há diversas versões. Entretanto, conforme diversos indícios e estudos, eles estiveram atrelados a rituais religiosos em diversas culturas.

Na Índia, os incensos indianos uniram o útil ao agradável, por assim dizer. Neste país, no qual muita gente acredita que este produto fora criado há mais de 6 mil anos a.C., juntou-se a vontade de ligar-se com os deuses ao seu apreço pelos mais diversos aromas. Ou seja, ambas as situações eram alcançadas através do incenso indiano. Muitos acreditam que o incenso indiano era, primeiramente, importado da Arábia, mas que acabava sendo refinado com materiais aromáticos da Índia, como cânfora, flores secas, madeiras, benjoim e sândalo.

Incenso Indiano: Sândalo

O sândalo é um dos aromas mais tradicionais quando se trata de incenso indiano. Isso porque ele é originário de uma árvore homônima que tem origem nesta região.

O incenso indiano de sândalo possui uma fragrância amadeirada e marcante. Ele é indicado para todas as pessoas que estão precisando sentir mais bem-estar em suas vidas, ajudando em estados depressivos e de tensões nervosas. Por conta da paz de espírito e da expansão intuitiva que o incenso indiano de sândalo promove, ele é perfeito para ser aceso nas práticas de meditação e yoga. Para aqueles que sofrem com a insônia frequentemente, o incenso indiano de sândalo é um aliado para relaxar e curtir uma ótima noite de sono.

Incenso Indiano: Rudraksha

Outro incenso indiano bastante típico é o de rudraksha, que é a semente de um fruto que leva o mesmo nome e que é parecida com uma noz. Conforme a cultura hindu, bastante cultivada na Índia, ela tem propriedades sagradas e curativas. Assim, acredita-se que, ao acender seu incenso indiano de rudraksha, você estará se ligando de maneira direta com o seu “eu superior” e com toda a energia do cosmos, ou seja, estará aproximando a terra e o céu.

As sementes de rudraksha podem ser utilizadas não só na forma de incenso indiano, como também de colares e pulseiras, sendo que estas peças devem ser utilizadas de forma única e pessoal, nunca compartilhada.

Incenso Indiano: Massala

Massala não é uma essência como a rudraksha e o sândalo. Ela é um tipo de incenso indiano composta com menos carvão e com alta concentração de resina e pó de sândalo. A massala tem como grande característica o seu cheiro mais forte e intenso do que um incenso indiano comum. Mesmo quando já está apagada, seu aroma continua no ambiente de forma suave.

Próximas campanhas