Iluminação de Cômodos Integrados

Iluminação de Cômodos Integrados

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraIluminação de Cômodos Integrados

Os ambientes integrados podem parecer difíceis de balancear em meio à tantas tarefas que devem atender. Os cômodos como sala de estar unida a sala de jantar, ou a cozinha unida a sala é um desses casos. Apenas com a iluminação de cômodos integrados ideal, é possível unir as várias utilidades que esses cômodos demandam, além de separá-los sem o uso de paredes ou biombos. A luz é capaz de mudar o clima e a função do seu cômodo sem precisar mudar de espaço apenas com o apertar de um botão.

Um ambiente grande e com muitas utilidades pode ser facilmente distribuído conforme suas ocasiões com as dicas do Westwing para iluminação de cômodos integrados. Confira nossas ideias sobre os tipos de iluminações que podem ser usadas nesse ambiente criando diferentes efeitos e dicas para separar os espaços apenas com a iluminação do local.

Tipos de iluminação de cômodos integrados

A sala de estar pode parecer um ambiente complicado em questão de iluminação. Pois saiba que é possível criar ambientes diferentes num mesmo espaço, apenas usando tipos distintos de luz. A iluminação de cômodos integrados não é diferente, como o caso da sala de estar integrada à sala de jantar, que costuma ser comum nas casas brasileiras. Para integrar vários ambientes em um espaço só, o ideal é fazer uma composição com os três tipos de iluminação: a direta, a indireta e a linear. A iluminação de cômodos Iluminação de Cômodos Integradosintegrados direta é recomendável para as áreas em que se precisa de uma luz mais forte, podendo ser feita através de abajures ao lado de sofás ou poltronas, auxiliando na leitura de livros. A iluminação indireta serve como a luz geral do cômodo, feitas por lustres ou pendentes de teto, que iluminem grande parte do espaço. Já a iluminação linear é ideal para destacar móveis e estantes embutidas.

Como dividir os cômodos com a iluminação

Não é preciso de paredes nem biombos: penas com a iluminação de cômodos integrados é possível dividir duas tarefas, como o caso da sala de estar integrada à sala de jantar. A primeira dica de iluminação de cômodos integrados é criar uma unidade entre os espaços. Desse modo, você pode definir as duas áreas através de sancas de gesso com luzes embutidas, demarcando cada espaço – um quadrado em cima da área da sala e outro quadrado na área de jantar, por exemplo. Desse modo, você não terá luminosidades conflitantes e que estarão separando os ambientes. A segunda dica para a iluminação de cômodos integrados é usar lustres grandes ou chamativos – de acordo com o tamanho e decoração do ambiente – colocando um em cima da sala e outro em cima da mesa de jantar.

Próximas campanhas