Gravuras

Gravuras

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraGravuras

Imagens que trazem reproduções de desenhos criados em madeira, metal e pedra. Essas são as gravuras, arte que imprime para o papel todas as ilustrações, desenhos e diferentes criações assinadas e com tiragens limitadas feitas pelo autor. Seu uso na decoração é um importante recurso para levar originalidade, autenticidade e beleza aos espaços. Quer dar esse toque para a sua composição, mas antes precisa de algumas dicas básicas de por onde começar?

Então, navegue com a gente! O conteúdo dessa página foi especialmente desenvolvido pelo Westwing para te inspirar, motivar e ajudar na hora de compor a sua decoração com gravuras. Sejam elas feitas em tonalidades marcantes, ideais para dar uma pitada alegre aos espaços; confeccionadas nas cores neutras, o que leva sobriedade à decoração; ou produzidas com aspecto retrô, essenciais para propor um cenário que resgate o visual dos tempos passados.

Entenda um Pouco mais sobre Gravuras

Como falamos acima, as gravuras são reproduções de criações originalmente feitas em madeira, metal e pedra. É como se fossem carimbos, pois do mesmo modo que este age ao ser pressionado sobre alguma superfície, deixando a sua marca ou uma cópia do formato que traz, as gravuras também agem.

O trabalho feito por artistas nas superfícies duras, o que posteriormente dará origem a criação de gravuras, é chamado de matriz. É através dela que a reprodução será realizada. Os trabalhos feitos a partir de uma matriz, que apresentarem assinatura e forem enumerados pelo artista compõem uma edição restrita.

Gravura x Ilustração

Antes de falarmos sobre como fazer sua decoração com gravuras, é importante destacar as diferenças entre gravura e ilustração. Basicamente, uma gravura é um tipo de ilustração, mas nem toda ilustração é uma gravura.

A ilustração pode ser um desenho, uma pintura, uma colagem ou até uma fotografia. Já a gravura é um desenho feito a partir de superfícies duras, como madeira, pedra e metal, com técnica de serigrafia (tipo um “carimbo”). O artista cria, talha o desenho nestas superfícies e os imprime, “carimba” em papel ou tecido.

Gravuras

Uma decoração com gravuras é bem singular, pois cada obra é numerada e assinada, havendo pouquíssimas versões de cada quadro. Isso permite que o valor, apesar de ainda caro, seja menor do que o de pinturas, que são peças únicas.

Os tipos de gravuras

Cada criação feita em um tipo de material recebe uma nomenclatura diferente. Isso por conta da técnica, procedimento e matéria-prima adotados. Confira:

  • Gravuras de metal: feitas em chapas de cobre originalmente, as gravuras de metal permitem a reprodução de até 50 cópias. Esse é o limite para cópias, pois o material usado costuma se desgastar acima dessa quantidade.
  • Litografia: técnica que dá nome aos trabalhos feitos em pedras.
  • Xilografia: procedimento que tem como matriz a madeira.
  • Linóleo: a técnica é feita em placas de borracha.
  • Serigrafia: processo realizado em superfícies como tecidos, vidros, cerâmicas, plásticos, madeiras e metais.

Decoração com Gravuras

As gravuras, assim como outras ilustrações e imagens, ajudam a transmitir ideias, conceitos e sensações à decoração de interiores. Como obras de arte, elas ainda levam sofisticação, requinte e autenticidade aos espaços.

Independente do cômodo em que sejam colocadas, a indicação é deixá-las em pontos de destaque, fáceis de serem visualizadas e bem posicionadas. Elas podem decorar diferentes espaços do lar e ambientes comerciais. Se tiver dúvida de onde exatamente expô-las, opte por locais sociais como: as salas de estar, jantar, halls de entrada e escritórios.

A decoração com gravuras permite que você transmita ideias e sensações, alterando a percepção do seu espaço. As cores e as texturas de uma decoração com gravuras ajudam a promover a sensação de “frio” ou “calor”, conforme você preferir, além de também poder imprimir calma, conforto, estímulo de raciocínio e muitas outras sensações. Na hora de adquirir a obra, pare e veja quais sentimentos ela lhe traz e se você quer que eles predominem em certo espaço de sua casa. Diferentes temáticas da decoração com gravuras pode transmitir sensações variadas, permita-se descobrir!

Decoração com Gravuras nos Ambientes

Elaboramos algumas pequenas sugestões para facilitar a disposição das gravuras na sua decoração. Lembre-se que sempre é preciso harmonia, equilíbrio e uma boa combinação com o restante do cenário em qualquer estilo que adotar.

  • Salas de estar: a estante, o rack ou separar a parede atrás do sofá principal na sala são ótimas sugestões de pontos para exibir as gravuras que escolheu. Se não quiser pendurá-las, uma boa saída é deixá-las encostadas na parede. Nesse caso, atente ao espaço que ficará livre para a circulação de quem vive ou frequenta o ambiente.
  • Quartos: o espaço acima da cabeceira da cama, a parede lateral do móvel de dormir, o local onde fica escrivaninha ou mesa para o computador são pontos bastante adequados para o preenchimento com gravuras.
  • Escritórios: a mesma parede onde fica a mesa, o corredor que leva ao escritório ou uma das fileiras das prateleiras usadas nesse espaço podem perfeitamente receber as gravuras para ajudar a compor o ambiente. As peças são excelentes para ajudar a transmitir um pouco do perfil de quem usa a sala.

Molduras

As molduras são de grande importância em uma decoração com gravuras. Você pode usar os mais diversos modelos, desde que eles estejam em harmonia com a obra com a qual serão utilizadas e, claro, com a decoração de seu cômodo. Molduras que sempre combinam em uma decoração são as em madeira, lisas ou com ornamentos, nas cores dourada, prateada ou bronze.

Westwing: O Extraordinário Mundo da Sua Casa!

Próximas campanhas