Flores Brasileiras

Flores Brasileiras

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraFlores Brasileiras

É quase impossível não achar uma flor linda. Ela embeleza qualquer lugar, perfuma a casa naturalmente, alegra os ambientes e serve como um excelente atalho para nossa aproximação com a natureza. Já não bastassem essas qualidades, ainda contamos com a possibilidade de ter espécies originárias do Brasil: belíssimas, acessíveis e que ainda contribuem com a economia por meio da exportação a outros países. As flores brasileiras ainda são facilmente cultivadas, graças à nossa biodiversidade e clima propício.

Representando 22% da flora de todo o mundo e reconhecidas com mais de 43 mil espécies distribuídas pela Mata Atlântica, Amazônia, Cerrado, Caatinga, Pampa e Pantanal, as flores brasileiras arrancam suspiros nossos e de turistas, sendo encontradas, principalmente, em árvores frondosas, rochas, troncos e montanhas, e muitas consideradas exóticas ou tropicais. Conheças as principais flores brasileiras neste especial do Westwing e encante-se com suas diferentes formas de adornar, colorir e perfumar!

Flores Brasileiras: Tipos, Aspectos e Cultivos

Pode ser que a sua planta favorita seja um dos tipos de flores brasileiras e você nem saiba! Isso porque é incontável o número de espécies nativas e, devido ao comércio intenso, muitas acabam sendo vistas como importadas. Para que você conheça alguns exemplares de flores brasileiras, listamos as principais:

Orquídea Cattleya Labiata: lilás ou rosa, a beleza deste tipo de orquídea o faz ser reconhecido como uma das mais belas flores brasileiras, não é à toa que é conhecida como a “rainha do nordeste brasileiro”! De fácil manuseio, a Cattleya adora troncos, sombra, luz amena e ventilação. Para seu cultivo, são importantes regas constantes e fibra de xaxim.

Begônia: bastante ornamental, está entre as flores brasileiras mais admiradas pelo formato meigo, as tonalidades de vermelho, rosa ou branco e as folhas com contornos que lembram um coração. A begônia adapta-se facilmente a ambientes ensolarados, bem como aceitam climas mais frios; devem ser frequentemente irrigadas e protegidas de ventos fortes.

Primavera: feminina e com um toque romântico, a primavera é considerada uma flor rústica e, por isso, requer poucos cuidados e se adéqua a todos os tipos de clima. Uma de suas principais qualidades, além das lindas cores, é a resistência a grandes mudanças de temperatura e a pouca rega, necessária somente de 15 em 15 dias.

Onze-horas: das flores brasileiras, talvez essa seja a mais delicada e com floração mais abundante. Curiosa, as onze-horas abrem durante o dia e se fecham ao entardecer. Típicas de dias ensolarados, estas espécies são super versáteis para projetos paisagísticos e precisam ser cultivadas em solo fértil e drenável, com material orgânico e regas frequentes.

As Flores do Ipê

O ipê-amarelo é considerado a árvore símbolo do Brasil, sendo possível encontrá-la por todas as regiões. Assim, não teria como a flor do ipê não ter destaque e estar entre uma das mais conhecidas, queridas e cultivadas flores brasileiras. A floração das flores do ipê ocorre de julho a setembro e sempre em abundância. O mesmo vale para os ipês branco, rosa e roxo, que também possuem flores brasileiras extremamente belas e peculiares, que atraem pássaros, especialmente o beija-flor.

O crescimento das flores de ipê é tão intenso que chega a cobrir os galhos, detalhe que resulta em um efeito incrível e digno de retrato. Já pensou em ter flores brasileiras pelo jardim? Então, seja com uma árvore ou apenas suas espécies, invista no cultivo da que mais lhe agrada e passe a contar com uma flor nativa adornando a parte externa de sua casa!

Próximas campanhas