Floreiras Suspensas

Floreiras Suspensas

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraFloreiras Suspensas

Elas dão um charme para varandas, áreas de serviço, sacadas... As floreiras são itens indispensáveis na decoração de ambientes externos e, por serem muito versáteis, podem ser de chão ou fixadas na parede. As chamadas floreiras suspensas são excelentes alternativas para quem dispõe de pouco espaço ou deseja enfeitar um ambiente com lindas flores e arranjos. Elas podem ser de plástico, cerâmica, concreto ou até confeccionadas por você mesmo, com materiais recicláveis.

O charme das floreiras suspensas está nos detalhes e na inspiração que elas trazem a qualquer ambiente. Dependendo da planta que você escolher será necessário instalá-las em um local com muita ou pouca incidência solar, primeiramente. Além disso, você precisará se atentar a outros detalhes para ter lindas floreiras suspensas na sua casa. Com as dicas do Westwing você faz bonito na decoração e capricha na instalação e manutenção de suas floreiras suspensas. Vem com a gente!

Tipos de Floreiras Suspensas

Há diversos tipos de floreiras suspensas, que se adequam a necessidades e espaços específicos. Confira, a seguir, os tipo de floreiras e escolha a que mais combina com você:

  • Alvenaria: as floreiras suspensas de alvenaria podem ser projetadas e construídas no tamanho, formato e textura desejados. É imprescindível que se pense na drenagem e na impermeabilização delas ao fazer o projeto;
  • Barro ou cerâmica: mais pesadas e frágeis, as floreiras suspensas feitas desses materiais secam mais rapidamente em climas muito quentes, o que faz com que as regas precisem ser mais frequentes. Por outro lado, possuem ótima ventilação e drenagem de água;
  • Concreto: mais duradouras, as floreiras suspensas feitas de concreto são mais pesadas, com baixa mobilidade;
  • Madeira: elas são ideais para dar um aspecto mais natural e rústico aos jardins e são fáceis de construir. As floreiras suspensas de madeira têm o inconveniente de exigirem mais manutenção, pois são mais suscetíveis às mudanças climáticas e ao ataque de insetos, como os cupins;
  • Plástico: essas floreiras suspensas são encontradas em diversas cores, formatos e tamanhos e têm sido muito utilizadas pela praticidade e leveza. O ponto negativo é o fato de desbotarem com o sol e reterem muito calor.

Analisando o Local que Receberá as Floreiras Suspensas

Antes de escolher tipos de floreiras suspensas para instalar na sua casa você deve pensar na incidência de sol nesse local para, depois, escolher o material das floreiras e as espécies que serão plantadas. Uma dica é seguir os pontos cardeais. Evite colocar plantas de meia sombra ou sombra em jardineiras com orientação norte e oeste, pois as folhas serão sensíveis ao sol mais forte. Já em floreiras com orientação sul, as variedades de sol pleno serão afetadas pelas sombras e haverá menor quantidade de botões, que podem não abrir. Para leste, observe o quanto de luz solar incide diretamente até o meio-dia, já que mudas de folhagens sensíveis, como Begônias, poderão apresentar queimaduras.

Preparando as Floreiras Suspensas

Antes de plantar em suas floreiras suspensas você deve forrá-las com musgo esfagno ou polietileno. Para uma retenção mais bem sucedida e redução de necessidade de água em floreiras grandes, combine os forros de musgo esfagno e de polietileno (o polietileno fica sobre o musgo, com pequenos buracos feitos nele). Depois, selecione plantas fortes e que cresçam apropriadamente em floreiras. As melhores plantas para se usar em floreiras suspensas são as estabilizadas – que já estejam florescendo ou estejam perto desse ponto.

Algumas dicas de plantas ideais para floreiras suspensas são Lobélias, Gypsophila, Flor de chagas, Gerânios, Verbenas, Fúcsias, Begônias, Amor-Perfeito e Primaveras. Investir no cultivo dessas plantas deixará sua casa ainda mais linda, aconchegante e charmosa. Vale a pena!

Westwing: o Extraordinário Mundo da sua Casa

Próximas campanhas