Escova de Dente

Escova de Dente

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraEscova de Dente

Ato imprescindível à boa saúde, escovar os dentes três vezes por dia é prática antiga e requer técnicas e produtos adequados. Apesar disso, nem sempre escovamos nossos dentes da maneira correta, nem durante o tempo ideal. Você sabia, por exemplo, que uma escovação apropriada deve durar, no mínimo, dois minutos? Além disso, fazer uso de fio dental e, sobretudo, uma escova de dente de boa qualidade é o primeiro passo para manter a boca saudável.

Hoje, está cada vez mais fácil realizar a higiene bucal e proteger os dentes contra possíveis doenças. Isso porque o que não faltam são modelos de escova de dente, de simples e tradicionais a mais modernas e cheias de tecnologia. Ainda bem, já que em 1498, quando a primeira delas foi criada, as cerdas eram feitas de pelos de animais! E então, quer saber mais sobre a indispensável escova de dente? Leia nosso artigo!

Escova de Dente: Diferentes Tipos e Aplicações

É inevitável: não existe uma pessoa sequer que não tenha uma escova de dente para chamar de sua! Em kits ou avulsa, ela é a primeira opção quando o assunto é manter os dentes sadios e os problemas odontológicos bem longe da boca. Para tal, sobram padrões modernos de escovas, cada um com desempenhos específicos, como:

Escova de dente elétrica: ideal para quem sofre com dificuldades motoras e idosos, esse tipo de escova dental funciona por meio de pilha ou bateria. Simples e prática, de acordo com seus movimentos automáticos, a escova elétrica pode ser ordinária, sônica ou ultrassônica;

Escova de dente infantil: própria para que a escovação das crianças se torne mais lúdica e prazerosa, costuma apresentar opções coloridas e próprias para cada etapa do crescimento;

Escova de dente interdental: tem a mesma função que o fio dental e pode tanto ser usada entre os dentes quanto na limpeza de aparelhos ortodônticos. A escova interdental existe em vários diâmetros e formatos e seu uso é complementar à escovação.

Os Detalhes da Escova de Dente Comum

Quando do tipo manual, a escova de dente é categorizada por suas cerdas. Há alguns anos divididas em duras, médias e macias, hoje são classificadas em supermacias, extramacias e ultramacias. porque escovas de dente rígidas podem causar danos como a abrasão do esmalte dentário, retração gengival e hipersensibilidade dentinária.

Ainda em relação às cerdas da escova de dente tradicional, o mais indicado é que elas sejam arredondadas, de medidas uniformes e com tufos de volume concentrado. Já a cabeça deve ser menor e o cabo precisa ter formato anatômico para mais conforto durante a escovação, além de ser flexível para evitar aplicar muita força no movimento.

Dicas Valiosas Sobre a Escova de Dente

Visto que a escova de dente entra em contato direto com a mucosa e a saúde, literalmente, começa pela boca, o acessório pede alguns cuidados especiais. O primeiro deles envolve o local onde será armazenado, que necessita ser, de preferência, dentro de um porta-escova de dente no armário para que não haja contato com bactérias. Depois de usada, lave e elimine bem o excesso de água da escova de dente, balançando-a e nunca secando em uma toalha.

Quanto à troca da sua escova de dente, procure descartá-la a cada três meses ou sempre que ela se desgastar. E não se esqueça: também é recomendado trocá-la após uma gripe ou resfriado evitando, assim, o risco de ser acometido por outra infecção!

Próximas campanhas