Decoração Anos 60

Decoração Anos 60

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraDecoração Anos 60

Ah, os anos 60! Mesmo para quem não viveu a época dos poás, do rock and roll de garagem com Elvis e do preto e branco de La Dolce Vita sabe que foi o período em que as revoluções comportamentais deixaram sua marca em diferentes aspectos da cultura. Com a decoração anos 60 não seria diferente. Tecidos variados, cores que se contrastam, móveis e eletrodomésticos coloridos, discos de vinil aparentes: ideias não faltam para quem deseja ter uma decoração anos 60 em casa.

Você admira ambientes decorados em estilo anos 60, mas não sabe como fazê-los, nem sequer por onde começar? Pois o Westwing entende as necessidades de quem quer criar espaços únicos, com o ar descontraído que uma decoração anos 60 permite. Por isso, reúne a seguir ideias inspiradoras para que sua casa ou até festa entre no clima retrô.

Anos 60: um pouquinho de história

Pensar na década de 1960 é recordar o rompimento das amarras que os anos de 1950 impunham, principalmente aos jovens. A sociedade, que antes era obrigada a seguir morais rígidas, descobriu nos anos 60 a liberdade, com a perda da ingenuidade política e com manifestações a favor do teatro de vanguarda, das mudanças no cinema e na literatura.

Foi nesta época que movimentos e grandes agitações começaram a transformar cenários políticos, sociais e culturais de todo o mundo. A Guerra Fria trouxe as revoltas e contestações que resultaram nas mudanças de comportamento, da moda às artes. Começou, então, a expansão das blue jeans e minissaias, o surgimento dos hippies, a paixão por Beatles.

A revolução artística teve papel fundamental no design. Com a contracultura, obras totalmente novas e que surpreendiam chegaram com força: a Op Art causava efeitos de movimento, por meio de uma arte abstrata e alucinógena. Já a Pop Art descrevia a sociedade capitalista crescente na época, com histórias em quadrinhos e colagens de ídolos.

Mobílias, eletroeletrônicos e papéis de parede: símbolos da decoração anos 60

Cada detalhe e descoberta serviam de referência e deram origem ao que hoje virou tendência. Criar uma decoração anos 60 é se envolver com a história da época e usar elementos que marcaram costumes. Vale lembrar que este foi o período em que a arquitetura de interiores ganhou destaque e importantes criações.

A poltrona Sacco de Cesare Paoloni e Franco Teodoro era o que hoje chamamos de pufe e representava o costume hippie de sentar no chão. Outras influências hippies foram os móveis de vime; a cadeira Eureka, do designer Giovanni Travasa, fazia sucesso com seu modelo suspenso e estofado. No Brasil, os móveis em madeira jacarandá faziam a cabeça de designers e eram valorizados no exterior.

Fogões pequenos, coloridos e apoiados em pés altos e finos; geladeiras robustas e de cores marcantes; liquidificadores e batedeiras volumosos; vitrolas e televisores com botões e tubos visíveis. Eram tantas as invenções que hoje fica fácil escolher qual eletrodoméstico vai compor a sua decoração!

Papéis de parede marcam a decoração anos 60 com muito charme e personalidade. Este tipo de material decorativo estava em alta e decorava as paredes das casas com temas florais, poás, formas geométricas e muita variação nas cores: básicas, como o verde e o marrom, ou mais chamativas, com tons de vermelho, amarelo mostarda e laranja.

A decoração anos 60 na prática

Adotar uma decoração anos 60 significa pincelar a casa com toques de vintage, resultando em ambientes com mais atitude. Assim, o espaço certamente ganhará um boho super delicado e modernidade, se também for composto por um estilo industrial, caso o desejo seja adicionar um liquidificador retrô, por exemplo.

Papéis de parede rosa ou listrados, que remetem ao psicodélico usado na época dão um efeito incrível. Experimente adicionar a uma destas composições cadeiras ou sofás almofadados em cor vibrante e linhas arredondadas, um quadro pop art e uma vitrola de enfeite sobre uma pequena cômoda de madeira e aposte que sua casa ficará digna de My Fair Lady!

Próximas campanhas