Cortina Embutida

Cortina Embutida

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCortina Embutida

A cortina é um acessório que embeleza o ambiente, protege-o da claridade em excesso e ainda complementa a decoração. Se você está reformando ou construindo e pretende colocar sanca no teto, que tal optar por uma cortina embutida? Denominada também de cortineiro, ela é pensada em conjunto com o desenho do forro de gesso do ambiente e, por isso, deve chegar próxima ao teto para que sua instalação fique harmônica e os trilhos, escondidos.

Atualmente, há algumas opções de cortina embutida, que incluem a sobreposta ao teto, literalmente embutida e, ainda, a iluminada, que dá muito charme às janelas e cortinas. Com algumas dicas e recomendações, o Westwing te ajuda na difícil tarefa de escolher a melhor cortina embutida, o tecido que mais combina com a decoração da sua casa e o tamanho ideal dessa peça, que dá um charme sem igual a qualquer ambiente!

Tipos e dimensões da cortina embutida

A cortina embutida deve ser posicionada na parte interna do forro e, para isso, o ideal é que ela possua uma profundidade de 15 cm. A mesma medida vale para a distância da parede. Nas laterais da cortina embutida pode-se deixar um espaço de 10 a 20 cm para que seja feito o encaixe do trilho. Se você optar por um cortineiro sobreposto, será necessária uma peça abaixo do forro para realizar o acabamento.

Controlando a luminosidade com a cortina embutida

Geralmente, a cortina embutida possui o inconveniente de não controlar a luminosidade nas laterais das janelas, especialmente se a janela for da mesma extensão do ambiente. Nesse caso, muitos projetos contemplam uma barra em gesso, que atua como proteção. Geralmente, uma barra de 10 cm resolve esse problema. Uma dica é utilizar a barra de gesso como uma moldura para toda a janela, dando uma beleza adicional a esse acessório e ainda protegendo o ambiente.

Outro aspecto a ser considerado é a necessidade de dois tecidos na janela, incluindo um forro grosso, que pode ser do tipo blecaute se a luminosidade for muita. Atualmente, há opções de tecido blecaute com tecidos mais elaborados e leves, que garantem a beleza da sua cortina embutida. Na segunda camada do cortineiro você pode optar por um voil, renda, seda, linho ou o tecido que preferir. Tudo dependerá do seu gosto e do estilo do ambiente.

Os tecidos e cores da cortina embutida

Não é tarefa fácil escolher a cor e o tecido na hora de montar uma cortina embutida, pois, atualmente, há inúmeras opções no mercado. Com bom gosto e criatividade sua cortina embutida ficará incrível e certamente ajudará a compor a decoração do cômodo. Tenha sempre em mente que cores mais neutras são atemporais, ao passo que texturas e cores mais vivas são muito utilizadas, mas requerem uma composição harmônica com os demais acessórios e móveis.

Escolher e planejar uma cortina embutida pode ser o que faltava para deixar sua casa mais aconchegante e bonita. Por isso, combinar o projeto de gesso com a proteção das janelas da sua casa é uma ótima opção e certamente te deixará impressionado com o resultado. É um charme só!

Westwing: o Extraordinário Mundo da sua Casa

Próximas campanhas