Cortina Curta

Cortina Curta

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCortina Curta

Acertar ou errar, na decoração de interiores, são extremos que podem se misturar e confundir o decorador, caso ele esteja satisfeito com um resultado que pode ir na contramão do que as tendências e especialistas apontam como o correto. Para cada uma dessas fundamentais questões, entra a cortina curta, cujo uso certo e incorreto permanece em aberto em todos os tipos de projetos decorativos, a ponto de se tornar uma grande dúvida na composição de ambientes.

As cortinas curtas acabaram definidas, portanto, como opcionais que estão acima das margens do certo e do errado. Mas, neste especial do Westwing, vamos conferir os usos mais constantes das cortinas longas e, também, algumas boas ideias para quem se encanta com os caprichos da cortina curta na decoração da sua casa ou apartamento. Confira o que preparamos e encontre na delicadeza da cortina curta a renovação do seu lar!

Os tipos de cortinas e suas aplicações

Além de cortinas estampadas e uma variedade ímpar de aplicações, como cortinas para sala, por exemplo, percebemos que esse providencial e versátil item permanece em contínuo aperfeiçoamento. Mas, dentro desse amplo leque de opções, dois modelos distintos garantem pelo menos uma certeza definida: escolher entre a cortina longa ou a cortina curta.

Acontece que, como dissemos no início, escolher entre uma ou a outra não vai significar que você cometeu algum engano decorativo, já que ambas podem ser usadas da forma que você tiver idealizado na sua concepção criativa. No entanto, tanto a cortina curta quanto a longa têm encontrado maneiras mais pontuais de harmonizar.

As cortinas longas, por exemplo, possuem algumas qualidades que enaltecem o ambiente e são seguidas à risca quando se quer criar essa sensação. O uso dela é mais indicado para dar uma sensação de amplitude e de sofisticação. Afinal de contas, a cortina longa se arrastando pelo chão (desde que não ultrapasse quatro centímetros) cria uma soberba imponente ao ambiente desejado, como uma sala de estar ou de jantar, entre outros cômodos.

Para a cortina curta, veremos a seguir algumas indicações para recriar as sensações que você busca inspirar nos ambientes da sua casa.

Quando utilizar a cortina curta?

A resposta é simples: quando quiser. A cortina curta, como já foi dito, encontra uma harmonia mais perceptível de acordo com algumas regrinhas básicas, e que tem angariado novas ideias e replicações em diferentes projetos.

Confira algumas condições de uso para a cortina curta nas janelas:

  • Caso algum móvel impeça o caimento da peça, a cortina curta é indicada para harmonizar;
  • Em áreas cujo risco de sujar ou molhar na cortina curta ocorrem, como cozinhas, por exemplo;
  • Em banheiros, mas desde que a cortina curta não seja feita de tecido, pois o risco de mofar o produto é alto nesse tipo de ambiente.

Uma boa dica é manter a sua cortina curta a uma distância de, aproximadamente, 20 centímetros abaixo de peitoris, ampliando a sofisticação de usar esse tipo de cortina no ambiente. Escolha a cor da sua cortina de acordo com o seu estilo e faça o certo em cada etapa da sua decoração!

Westwing: o Extraordinário Mundo da sua Casa

Próximas campanhas