Cortina Artesanal

Cortina Artesanal

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCortina Artesanal

Existem várias opções de cortinas, como persianas, cortinas de trilho e cortinas de varão, entre outras, mas função continua a de manter a privacidade, ocultando a visão de quem está do lado de fora, além de compor o ambiente para quem está do lado de dentro. Sobre a composição, existem opções diversas, entre voils e shantung e os mais tradicionais, mas também existe uma opção para quem quer uma cortina mais intimista: a cortina artesanal.

A cortina é a moldura do cômodo e, assim como tapete, tem o objetivo de complementar a decoração. Por isso, a cortina artesanal é um modelo de cortina personalizado, feito de técnicas como crochê, ou discos e miçangas, patchwork e retalhos, fuxico etc. Se você deseja um cortina artesanal na sua casa, nós, do Westwing, damos dicas para criar uma cortina para chamar de sua e também te ensinamos a combiná-la com a sua decoração. Confira!

Como Fazer uma Cortina Artesanal para Porta

Um dos tipos de cortina artesanal mais conhecidos são aquelas usadas para separar cômodos, e funcionam como cortinas de porta. As cortinais artesanais mais fáceis são as que usam um sistema de amarrar objetos. Você precisará de: CDs, clipes, uma caneta permanente e uma máquina de fazer furos.

Marque os CDs com a caneta permanente nos 4 pontos cardeais. Com a máquina de fazer furos, faça 4 pontos marcados e, com os buraquinhos feitos, encaixe os clips de forma que faça uma corrente. Repita o processo com outro CD e junte os clipes. Continue fazendo isso até chegar ao comprimento que você deseja e sua cortina artesanal estar pronta.

Decorando a Sala com a Cortina Artesanal de Tecido

As cortinas têm como função complementar a sala, e portanto, ela deve estar de acordo com a sua decoração. Antes de escolher ou começar a fazer a sua cortina artesanal, você deve analisar a sua sala. Caso sua parede seja colorida, seja por conta da tinta ou do papel de parede, melhor escolher cores neutras.

Outra coisa importante relacionada à escolha de materiais para sua cortina artesanal é verificar a luminosidade da casa e da sala. Se sua sala for naturalmente clara, você pode investir em tecidos mais pesados, caso ela seja naturalmente escura, melhor investir em tecidos mais leves.

Outra nota importante é tirar as medidas da sua parede antes de fazer a cortina artesanal, pois o comprimento ideal de uma cortina é chegar até o chão, caso o contrário, ela ficará com uma aparência de que falta algo.

A Limpeza da Cortina Artesanal

Como as cortinas são peças que ficam muito expostas, elas tem uma tendência muito grande em sofrerem com o pó e com ácaros. Portanto, elas devem ser lavadas e essa manutenção é bastante importante, principalmente para quem tem doenças respiratórias.

Para efetuar a limpeza da cortina artesanal não existem muitos segredos já que tecidos mais grossos podem ser lavados na máquina de lavar, sem muito segredo. Entretanto, não devem ser centrifugados. Em caso de tecidos mais finos e delicados, além de crochê e outras finalizações artesanais mais delicadas, é melhor essa lavagem ser feita em lavanderias.

Em relação a frequência depende muito, do ambiente. Recomenda-se lavar sua cortina artesanal uma vez por ano pelo menos, mas se sua casa tiver bastante umidade, lave-a a cada 6 meses.

Próximas campanhas