Cobertor Japonês

Cobertor Japonês

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCobertor Japonês

A busca por conforto é uma prática global, por isso, seja no Brasil, na Austrália ou no Japão, não importando a cultua ou as distinções sociais e geográficas, queremos aliar o nosso estilo e personalidade com conforto, sempre que possível. Isso se aplica às saborosas noites de sono que ansiamos costumeiramente. Embora o sono seja global, vamos descobrir as diferentes maneiras de encontrar o conforto a partir do cobertor japonês.

Particularmente distinto, o cobertor japonês conta com uma série de modelos peculiares, cuja proposta, embora seja similar a de cobertores de outras partes do mundo – oferecer o conforto térmico –, possui significados múltiplos, que podem se iniciar na raiz histórica do país ou nas características criações tecnológica que coloca o Japão como pioneiro em uma série de segmentos. Aproxime o conforto oriental no seu lar com as dicas do Westwing sobre o cobertor japonês!

A Variedade de Cobertores Japoneses

O cobertor japonês é característico por uma série de razões. Em primeiro lugar, porque existem modelos tradicionais, outros que remetem à cultura japonesa, como o koyo, cuja produção é feita em acrílico de poliéster e os futons, além de outros modelos, que veremos adiante.

Um dos cobertores japoneses mais famosos, os futons são utilizados de maneiras muito peculiares, no Japão. Eles podem servir de forro para inusitadas poltronas feitas de pallet ou, ainda, como um excelente cobertor japonês. Suas estampas remontam à história nipônica, enquanto o tecido é finamente composto por tecido percal, com 200 fios, e 100% de algodão. Este cobertor japonês é versátil e garante amplo conforto térmico para se aliar ao seu lenço, na cama, nas noites mais frias do ano.

O cobertor japonês é tradicionalmente feito à mão, embora possua algumas variações. No idioma japonês, podemos encontrar o cobertor cuja espessura é composta por uma manta acrílica de enchimento (que fica conhecido como natsufuton) ou em uma espessura que se monta a partir de duas mantas (que fica conhecido, consequentemente, como fuyufuton).

Já o kakebuton é um cobertor japonês grosso, especialmente feito para suportar invernos rigorosos. É este cobertor japonês que, tradicionalmente, sobre as camas japonesas baixas que inspiram outros estilos de camas ao redor do mundo. Ele é composto, normalmente, em algodão ou, ainda, em penas de ganso, o que traz uma maciez invejável ao cobertor japonês.

Trazendo mais Conforto ao Cobertor Japonês

Já ouviu falar no futonkansōki? A peça conta com um sapiente estilo tecnológico, oriundo do próprio Japão, cuja função principal é manter o interior do seu futon devidamente aquecido. Com ele, uma entrada de ar quente é soprada para o conforto da sua cama, potencializando os mimos na hora de dormir, quando o frio insiste em invadir o quarto.

Ainda no âmbito tecnológico,l o cobertor elétrico fica sobre a colcha, aumentando sensivelmente a temperatura do seu cobertor japonês. Ótimo quando o inverno é maior do que o calor interno do seu lar.

Inspire-se nas dicas do Westwing e aproxime os sabores confortáveis do oriente para o aconchego do seu lar!

Westwing: o Extraordinário Mundo da sua Casa

Próximas campanhas