Canga

Canga

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCanga

Entra o verão e saem dos armários peças de roupa mais curtas e refrescantes, e outras que prezam a versatilidade com um estilo completamente único. É o caso da canga, que se renova a cada ano a partir da sua própria essência, com estampas que visam acompanhar novas tendências, e funcionalidades que não deixam de torná-la um dos itens mais cobiçados e utilizados durante as estações mais quentes do ano.

Isso envolve uma imensidão de modelos que tornam a canga tão versátil quanto personalizada para o seu gosto particular. Assim, o Westwing, sempre antenado nas novidades para serem incorporadas ao seu estilo, encontrou uma série de novidades para quem não vê a hora de desfilar os seus novos modelos de canga para fazer ainda mais bonito nas próximas estações. Desfile o seu estilo com luxo e versatilidade com as dicas do Westwing sobre a canga!

Canga: História e Popularidade

Ainda novidade e tendência em pleno século 21, as múltiplas utilidades da canga vêm sendo modeladas e reinventadas desde meados do século 19, quando as mulheres de Moçambique passaram a fazer uso de tecidos de algodão coloridos e estampados para compor vestidos únicos e diferenciados ao que se via, até então, no mercado.

Conhecidas como capulanas, as peças amarraram uma moda muito versátil que, aos poucos, fazia a tendência de Moçambique e se espalhava, gradativamente, para outras partes do mundo.

Essa popularidade rendeu às cangas uma pluralidade de usos e estilos que parece não se esgotar – seja na preferência do seu consumidor e na criatividade de quem provê a demanda na primavera e no verão. A cada ano, novos modelos de canga parecem renovar o repertório de estilo estendido à beira de piscinas, à beira-mar e desfilando em calçadões, shoppings e em eventos em geral.

Outro atrativo evidente na canga é a facilidade com que se pode fazer combinações com ela e como amarrar cangas de maneira que, em cada nó dado, uma nova utilidade pode ser conferida a ela. Dessa forma, a canga pode se transformar em saias, vestidos, blusas com frente única, toalhas para a saída do mar ou piscina, esteiras para o bronzeado desejado de verão e, até mesmo, uma providencial bolsa estampada e improvisada, na ausência de um modelo adequado para levar à praia.

Dicas sobre como Amarrar a Canga

Não sabe como amarrar a sua canga? Pois confira algumas dicas, a seguir, que dão o tom da facilidade com que se consegue gerar estilosos modelos para você curtir na próxima estação ensolarada:

Saia: dobre-a no comprimento desejado, envolvendo o quadril, para unir as pontas com um nó. Simples assim.

Vestido de um ombro só: passe uma das pontas debaixo de um dos braços, mantendo a canga na altura do busto, e deixe a ponta sobre o ombro, pela parte de trás do corpo. Envolva o tecido pela sua silhueta até que ambas as partes – a de trás e a da frente – se encontrem em um nó que mantenha o vestido ajeitado sobre o corpo.

Com as dicas do Westwing, você consegue explorar com muita criatividade o amplo estilo proporcionado pelas cangas. Inspire-se!

Próximas campanhas