Caminhos de Jardim

Caminhos de Jardim

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCaminhos de Jardim

Para os amantes da natureza, ter plantas e flores em casa é um privilégio. Para desfrutar do espaço natural é indicado criar áreas de circulação, para que as passagens sejam guiadas. Os caminhos de jardim são de fácil instalação, econômicos, versáteis e deixam o ambiente externo ainda mais agradável, permitindo que os moradores e visitantes apreciem o perfume e as cores das espécies plantadas. Não importa qual o tipo de vegetação você possui: um caminho de jardim vai valorizar o seu espaço.

Os caminhos de jardim facilitam o acesso aos canteiros e podem ser uma forma de imprimir personalidade aos ambientes externos. Eles ainda são responsáveis pela ligação de pontos chave do jardim, como churrasqueira, piscina, gazebo, entre outros. O Westwing quer tornar o seu passeio pela natureza ainda mais gostoso e, por isso, selecionou dicas e ideias para que você se inspire e crie uma linda passarela.

Tipos de Caminhos de Jardim

Existem diversos modelos de caminhos para jardim que oferecem diferentes apelos visuais para a casa. Porém, beleza não deve ser o único ponto de escolha da sua passarela. É necessário que o material seja antiderrapante, drene facilmente e seja capaz de suportar água, sol e vento. Veja algumas ideias de caminhos para jardim e comece agora a escolher o seu:

Pedra: elas dão um estilo natural para a paisagem. Por existir diversos modelos, as pedras são versáteis e combinam com qualquer ambiente.  Os pisos de pedra são irregulares e imprimem um aspecto despojado para os caminhos de jardim. Indica-se, porém, cuidado para que os tipos escolhidos sejam grandes e planos, proporcionando uma boa superfície para caminhar. Para esse uso, o ideal é optar por pedras como a São Tomé, o granito, a ardósia, a mineira e a goiás. Em pisos de grande circulação, é recomendado que as pedras sejam assentadas com cimento por questões de segurança e resistência.

Pedriscos e Seixos: as pequenas pedras trazem delicadeza ao jardim. A passarela feita com pedriscos, cascalho, seixos ou brita exigem uma fronteira de plantas, para que as peças sejam mantidas no lugar. Para espaços onde circulam pessoas descalças, invista em caminhos para jardim em cascalho ou seixo rolado. Outra vantagem das pequenas pedras é a ação antiderrapante, que faz com que a passagem não fique escorregadia.

Tijolo: ele dá um visual rústico para os caminhos de jardim. Os tijolos são sempre do mesmo tamanho, portanto, são perfeitos para os que procuram passarelas uniformes. Porém, indica-se ter um canteiro pelo percurso para impedir que as peças se movam. Outra dica é escolher tijolos de pavimentação ao invés de tijolos par parede, para que o seu caminho tenha mais durabilidade.

Madeira:pranchas em madeira podem ser colocadas na grama ou envolvidas por pedriscos para criar caminhos de jardim muito bonitos. Porém, esse material exige impermeabilização de tratamento, principalmente nas partes que terão contato com o solo.

Grama: os caminhos para jardim também podem ser feitos de grama, contrastando com plantas maiores. São indicados para áreas de pouca circulação e podem ser incrementados com toras de madeira, pedras irregulares e areia grossa.

Ao redor dos Caminhos de Jardim

Os caminhos de jardim ficam ainda mais bonitos se contrastados com uma paisagem natural. Crie um projeto de paisagismo e faça uma bonita decoração ao redor das passagens. É possível criar canteiros com flores como a buganvílea, lavanda, moréia, bromélias, ixora chinesa, entre outras. Para folhagens o indicado são plantas baixas como o buxo e a dinheiro-em-penca.

Lembre-se que para ter um jardim mais bonito, é aconselhável escolher plantas com diversos tons de verde em suas folhagens e flores em tons que combinem entre si. Abuse da criatividade e faça com que o seu espaço receba muitos visitantes. Tenha um jardim de contemplação no seu recanto.

Próximas campanhas