Cadeira DKR

Cadeira DKR

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCadeira DKR

Algumas cadeiras não são apenas uma parte do mobiliário. Algumas cadeiras carregam histórias e são símbolos de modernidade, quebra de paradigmas e fuga do lugar comum. Cadeiras icônicas são conhecidas pelos apaixonados em decoração e o casal Eames são criadores de um punhado delas. Entre seus sucessos, a poltrona Eames, a cadeira Dar e, provavelmente mais famosa de todas, a cadeira DKR, que será o destaque deste especial do Westwing.

A cadeira DKR é um clássico na história do design, tanto por conta da sua criação tanto pela sua funcionalidade. Minimalista e, ao mesmo tempo, sofisticada, ela é um marco na decoração. Contar com um modelo desses em casa é um diferencial tremendo, por isso, nós, do Westwing, amamos a cadeira DKR e contamos um pouco da história do casal Eames e do modelo, além de oferecer dicas para você aproveitar ao máximo o potencial dessa peça!

Mestres do Design Moderno: Charles e Ray Eames

O casal Eames se casou em 1941 e, apesar de já serem conhecidos por seus trabalhos solos antes de se unirem, foi depois do casamento de ambos que eles se tornaram mundialmente conhecidos e que criaram em conjunto a cadeira DKR. Ambos já eram experientes no campo da arquitetura, design e artes, sendo que Charles tinha seu próprio escritório de arquitetura, apesar de não ter se formado na área já que foi expulso da faculdade por ser considerado “moderno demais” e Ray era uma conhecida artista abstrata. Os Eames trouxeram várias técnicas e materiais novos para o campo de design de produto como uso de fibras de vidro, resina plástica e malha metálica produzida diretamente para eles.

Especificações da Cadeira DKR

A cadeira DKR foi criada na década de 50, mais especificamente em 53, um período bastante prolifico para os dois. Eles criaram series de cadeira e batizaram elas seguindo um padrão de identificação baseado nos materiais ou técnicas usadas para a construção da mesma, seguindo a regra altura, modelo e base.

A Cadeira DKR tem esse nome por ser um modelo Dining, ou seja pensando para acompanhar mesa de jantar. O K é de k-wire, que é um material de aço cirúrgico para ossos fraturados, comumente conhecido pino, chamado assim em homenagem ao doutor Martin Kirschner, o homem que o inventou.  Já o R da cadeira DKR é de R-wire referente a base de arame comumente conhecida como “pé torre-Eiffel”. Existe um modelo com base de madeira cujo no me Eames DSW.

Usando a Cadeira DKR na Decoração do Lar

A cadeira DKR em sua concepção original era vazada. Na parte do assento, ou seja, eram realmente aramadas sem a concha inteiriça, entretanto é comum encontra-las hoje em dia no modelo de concha maciça de cor sólida ou transparente. Como já dito a Cadeira DKR foi pensada como cadeira de jantar, então a sala de jantar é um lugar perfeito para coloca-la. Elas são bastante versáteis portanto combinam em todos os tipos de mesa, mesas de madeira, mesas de base metálica, mesa de acrílico ou polipropileno e laqueadas.

Outro lugar interessante é a sala de estar, usando a cadeira DKR como complemento em salas, principalmente se você tem um sofá de poucos lugares. Por causa das suas linhas simples ela não pesa na decoração e se integra facilmente ao ambiente.

Próximas campanhas