Cacto

Cacto

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraCacto

Filmes e desenhos animados usaram cactos como os proeminentes elementos dos locais mais inóspitos de todo o mundo – com o devido calor escaldante. Mas essa belíssima espécie da família botânica Cactaceae, que possui mais de mil espécies diferentes, é muito mais que um aviso de desolação, mas, ultimamente, é um sinal de inspiração para quem deseja remodelar os ambientes de casa e trazer mais praticidade e estilo à decoração dos cômodos.

O cacto, portanto, virou xodó de quem não dispõe de tanto tempo para cuidar de plantas e flores, mas não abre mão das sensações agradáveis que exalam de suas texturas tão distintas. Acompanhe este especial do Westwing sobre o cacto, e descubra de que forma ele pode ser um divisor de águas, ironicamente, para fazer a sua decoração ainda mais personalizada, estilizada e, acima de tudo, elegantemente bem pontuada por essa bela planta. Confira!

Por que ter um cacto em casa?

Dos pequenos e franzinos aos robustos – e até aos floridos, inclusive –, não faltam opções de cactos para compor a decoração do lar. Ainda mais se considerar que o cacto não demanda muita atenção para se manter rígido e nutrido, no dia a dia. Por isso, é preferência de muita gente, pega pela correnteza bravia da rotina. A seguir, vamos conferir algumas vantagens de optar pelo cacto na composição e decoração do ambiente:

  • Água: por terem um exclusivo sistema de armazenamento de água, os cactos não precisam ser aguados com frequência. De duas a três vezes, ao mês, podem ser até mais que o suficiente.
  • Exposição ao sol: enquanto muitas flores adoram o sol, mas indiretamente, o cacto pode ficar na área mais ensolarada do sol, e por muito tempo.
  • Tamanho: pequenos ou grandes, a escolha é sua, podendo acomodá-los em prateleiras, estantes, mesas de centro ou de canto, em vasos minúsculos ou espaçosos e, claro, na altura que preferir na área externa de casa.
  • Poda: cactos pequenos sequer necessitam de cuidados, com o seu tamanho, enquanto as espécies grandes tendem a se adaptar na área externa, o que não demanda muitos cuidados neste quesito.

Os melhores cactos para decorar o lar

Entre os cactos que mais fazem presença em casas ou apartamentos, é possível destacar as espécies que contam com flores em suas extensões, o que traz uma curiosa harmonia decorativa ao lar, já que muitos esperam apenas a secura verde da flor.

Já o cacto do tipo maguey é mais indicado para ambientes externos, apenas, já que pode alcançar um tamanho consideravelmente alto, enquanto os modelos nopal são charmosos, espinhosos e em miniatura, podendo colocá-los em qualquer cantinho ensolarado da casa, trazendo um estilo criativo e despojado ao ambiente em que ele protagonizar a sua presença.

Inspire-se nas dicas do Westwing e invista na praticidade e elegância despojada de um cacto, que pode revigorar os atrativos do seu lar com pontualidade e com pouquíssimo esforço para mantê-lo belo e saudável, seja na terra, no vaso ou no seu criado-mudo.

Próximas campanhas