Baú pequeno

Baú pequeno

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraBaú pequeno

Como guardar tantos objetos em espaços cada vez menores? Em vez de encher o quarto, a sala ou banheiro de armários, uma opção é utilizar um baú pequeno. Além de estético, ele serve para guardar utensílios, que vão desde cobertas e almofadas até objetos menores, como joias, por exemplo, além de ser um excelente aliado na decoração da casa, não importa o ambiente onde ele é colocado, já que o baú pequeno é uma peça versátil para decorar.

O baú pequeno é uma peça clássica que pode ser usado de diversas formas para decorar e como utilidade para o dia a dia. É um objeto que vai bem com todos os estilos e com todos os ambiente da casa, podendo se tornar um item indispensável na organização. Se você quer saber como investir no baú pequeno para decorar e organizar sua casa, confira este especial do Westwing!

Como Usar o Baú Pequeno na Organização

 No dormitório, pode-se usar um modelo grande, colocado aos pés da cama, para armazenar cobertores e travesseiros ou sapatos e peças de roupa. Em closets e banheiros, a sugestão é usar baú pequeno, já que os objetos guardados – acessórios e itens de higiene, por exemplo – também serão pequenos.

Na sala, o baú pequeno pode ficar disposto em prateleiras e guardar CDs e DVDs. Na sala de jantar, pratos, louças, cristais e faqueiros podem ocupar o interior do seu baú pequeno, enquanto na cozinha é possível usar objetos menores e usá-los para resguardar sachês de chá, entre outras opções, na versatilidade de um baú pequeno.

O baú pequeno é uma peça que combina com qualquer estilo de decoração. Ele fica muito bem em ambientes mais íntimos, como gabinetes e dormitório, por existir aquele mistério do que está guardado ali.

Combinando o Baú Pequeno na Decoração

O potencial de adaptação do baú pequeno em ambientes de diversos estilos se deve, em grande parte, aos diferentes revestimentos e tamanhos em que a peça está disponível no mercado. Um baú decorativo em couro, por exemplo, combina com estilos mais despojados, e da mesma forma um objeto mais clássico fica bem com uma estética mais contemporânea.

Para um cômodo rústico, couro, baú de madeira natural ou de demolição, palha e junco são indicadas para o acabamento. Já espaços modernos ou contemporâneos ficam melhores com baús de metal, acrílico ou tecidos com brilho. Os tecidos e as lacas claros são a sugestão para ambientes clean, enquanto dourados envelhecidos e modelos com molduras complementam decorações clássicas.

Baús que ficam no chão, como os do pé da cama, podem ser maiores. Já os que são dispostos em prateleiras devem ser menores. As medidas vão depender do que se pretende guardar. Mas nada de colocar o objeto fora de contexto, tudo deve ser pensado.

O planejamento permite prever a utilização de um único baú, que nesse caso pode ser grande, ou mais de um, menores. No segundo caso, as peças podem ser combinadas, para formar um objeto maior ou separadas, no caso de prateleiras e nichos.

Próximas campanhas