Artesanato Mineiro

Artesanato Mineiro

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraArtesanato Mineiro

Minas Gerais carrega um peso histórico imenso, e cada pedacinho dessa trajetória de fatos e pessoas importantes que ali passaram deixaram sua marca na cultura local. O artesanato mineiro é prova disso e traz produtos e materiais que inspiram uma decoração ímpar, perfeito para quem deseja modernizar com um detalhe da história brasileira. O artesanato mineiro possui uma forte influência do estilo barroco, fazendo com que suas peças sejam trabalhadas e com detalhes únicos.

Com peças feitas de materiais como o papel machê, peças em ferro, madeira e tecido, o artesanato mineiro é uma fonte riquíssima de inspiração para transformar a decoração de ambientes internos e externos. Se você está em busca de uma nova cara para os espaços da sua casa, é hora de conferir todas as dicas do Westwing – e aproveitar nossa gama de produtos selecionada por uma curadoria altamente refinada e assinada pela nossa diretora de estilo Alexandra Tobler. Tome nota e aproveite os descontos de até 70%!

Artesanato mineiro: riqueza nos pequenos detalhes

O estado de Minas Gerais abriga, desde o século 18, pessoas com grandes habilidades com as mãos – fazendo com que os objetos decorativos se fizessem presente no dia a dia dos mineiros. Muito de sua característica é formada sob influência dos europeus – povo que colonizou Minas Gerais. No entanto, o artesanato mineiro, assim como em diversas regiões do país, também possui fortes características do povo indígena. No caso do artesanato mineiro, as cestas e a tecelagem carrega muita influência dos índios.

Dentre os objetos mais marcantes no artesanato mineiro estão as imagens religiosas , onde Aleijadinho é referência por oferecer detalhes ricos e mais próximos do real às imagens. As esculturas são feitas geralmente em madeira talhada, o que torna cada peça ainda mais exclusiva.

Além da madeira, o barro e a cerâmica também são fortemente utilizados no artesanato mineiro. Os ceramistas produzem não só imagens, mas também objetos funcionais que decoram e ajudam nas tarefas diárias. Estão entre os objetos copos, jarras, panelas, vasos, dentre outros. Esta técnica é de origem indígena e os ceramistas mais requisitados são os localizados no Vale do Jequitinhonha e São Francisco. A pedra-sabão é um material muito característico do artesanato mineiro e também é utilizado para fazer objetos utilitários.

Como usar o artesanato mineiro na decoração

O estilo que mais combina com o artesanato mineiro é o colonial – isso porque suas peças são características de uma época em que o clássico era o que ditava as regras. Mas nada te impede de usar alguns objetos (com moderação para não desequilibrar o ambiente) em um espaço clean – é a sua criatividade que vai ditar como será a decoração.

As esculturas de madeira ajudam a criar um clima acolhedor na sala – e também pode ser uma ótima solução para o hall de entrada, principalmente se você é uma pessoa religiosa. Os objetos de barro ajudam a organização da sala e da cozinha: vasos, louça e panelas dão o ar da beleza na cozinha, além de ajudar na arrumação. Já artigos em pedra sabão podem ser uma ótima escolha para quem deseja decorar a sala de estar com um toque especial. Dá para escolher um conjunto de itens decorativos e criar um ambiente incrível e cheio de refino.

Além de objetos, a tecelagem ajuda a finalizar o ambiente decorativo. Vale apostar nas toalhas em crochê e finalizar com uma peça de prata ou cobre – também típico do artesanato mineiro. Com os objetos certos dá para transformar naquele espaço sem tanta graça num ambiente receptivo e muito aconchegante.

Próximas campanhas